Benguela rendida ao talento artístico de Tiviné

  • Tiviné, representante de Benguela e terceiro classificado no Top dos Mais Queridos/2021
Catumbela – O músico Tiviné, que arrebatou o terceiro lugar do Top dos Mais Queridos, com a canção “Ufeko Umwe”, em representação da província de Benguela, promete continuar a contagiar o público com música folclórica.

Na gala do Top dos Mais Queridos edição 2021, realizada a 8 de Outubro, em Luanda, Tiviné, homenageado esta sexta-feira pelo público benguelense rendido ao seu talento artístico, ficou atrás da dupla Paulo Flores/Yuri da Cunha, segundo lugar, e do grupo "Os Picantes", da província do Huambo, vencedor do concurso, com a música “Crise no Lar”.

A propósito da homenagem, o artista assume-se emocionado e agradece aos ouvintes que “gastaram tempo” votando na canção “Ufeko Umwe”, que pode ser acompanhada com dança tradicional sungura ou tchianda.

A vertente educativa da música é, segundo Tiviné, a razão da reacção positiva do público, uma vez que desperta as jovens que, incapazes de gerir a beleza física, se perdem na vaidade.

Sobre o terceiro lugar, Tiviné recorda que era esse o seu desejo, tendo em conta o feedback dos ouvintes da Rádio Nacional em Benguela, embora inicialmente tivesse hesitado em participar do concurso, não fosse o encorajamento de jornalistas e colegas.

Cantada em Umbundo, uma das várias línguas nacionais faladas em Angola, “Ufeko Umwe” foi produzida em Outubro de 2020, nos estúdios Bismas, na base de mistura de sungura e tchissosse, estilos folclóricos da província de Benguela.

No entanto, a directora do Gabinete Provincial da Cultura, Juventude, Turismo e Desportos, Rosália Tchitali, considera que o músico colocou o nome de Benguela no pódio do Top dos Mais Queridos, daí merecer uma homenagem.

Segundo ela, essa distinção representa a satisfação dos benguelenses pelo terceiro lugar que o músico conseguiu em prol do nome da província que representou de forma condigna.

Já Agostinho Ramos, director da Rádio Benguela, uma das instituições promotoras da homenagem, a par da Rádio Lobito e do Gabinete da Cultura, também agradeceu o cantor Tiviné pela participação condigna elevando o nome de Benguela no país.

Com dois discos a solo, a saber, “Pesquisas”, em 2010, e “Ulanga”, em 2015, estando uma terceira obra do seu reportório individual já em fase de edição, Tiviné amealhou um prémio monetário de 800 mil kwanzas, além de um troféu e dois diplomas de participação no Top dos Mais Queridos.

A canção “Ufeko Umwe” (uma moça, em português) é uma composição do músico Tchissila, autor da música “Olombongo Vikola”, que também se encarregou dos arranjos artísticos e da melodia.

Tiviné já foi integrante da banda Quinteto Njando, com a qual lançou, em 1998, o disco “Njando Kevamba” e “Epandi”, em 2001.

Na gala do Top dos Mais Queridos edição 2021, realizada a 8 de Outubro, em Luanda, Tiviné, homenageado esta sexta-feira pelo público benguelense rendido ao seu talento artístico, ficou atrás da dupla Paulo Flores/Yuri da Cunha, segundo lugar, e do grupo "Os Picantes", da província do Huambo, vencedor do concurso, com a música “Crise no Lar”.

A propósito da homenagem, o artista assume-se emocionado e agradece aos ouvintes que “gastaram tempo” votando na canção “Ufeko Umwe”, que pode ser acompanhada com dança tradicional sungura ou tchianda.

A vertente educativa da música é, segundo Tiviné, a razão da reacção positiva do público, uma vez que desperta as jovens que, incapazes de gerir a beleza física, se perdem na vaidade.

Sobre o terceiro lugar, Tiviné recorda que era esse o seu desejo, tendo em conta o feedback dos ouvintes da Rádio Nacional em Benguela, embora inicialmente tivesse hesitado em participar do concurso, não fosse o encorajamento de jornalistas e colegas.

Cantada em Umbundo, uma das várias línguas nacionais faladas em Angola, “Ufeko Umwe” foi produzida em Outubro de 2020, nos estúdios Bismas, na base de mistura de sungura e tchissosse, estilos folclóricos da província de Benguela.

No entanto, a directora do Gabinete Provincial da Cultura, Juventude, Turismo e Desportos, Rosália Tchitali, considera que o músico colocou o nome de Benguela no pódio do Top dos Mais Queridos, daí merecer uma homenagem.

Segundo ela, essa distinção representa a satisfação dos benguelenses pelo terceiro lugar que o músico conseguiu em prol do nome da província que representou de forma condigna.

Já Agostinho Ramos, director da Rádio Benguela, uma das instituições promotoras da homenagem, a par da Rádio Lobito e do Gabinete da Cultura, também agradeceu o cantor Tiviné pela participação condigna elevando o nome de Benguela no país.

Com dois discos a solo, a saber, “Pesquisas”, em 2010, e “Ulanga”, em 2015, estando uma terceira obra do seu reportório individual já em fase de edição, Tiviné amealhou um prémio monetário de 800 mil kwanzas, além de um troféu e dois diplomas de participação no Top dos Mais Queridos.

A canção “Ufeko Umwe” (uma moça, em português) é uma composição do músico Tchissila, autor da música “Olombongo Vikola”, que também se encarregou dos arranjos artísticos e da melodia.

Tiviné já foi integrante da banda Quinteto Njando, com a qual lançou, em 1998, o disco “Njando Kevamba” e “Epandi”, em 2001.