BJLA prevê expandir serviços aos municípios

  • Empossamento da Nova Brigada Jovem de Literatura de Angola no Moxico
  • Empossamento da Nova Brigada Jovem de Literatura de Angola no Moxico
Luena - A Brigada Jovem de Literatura de Angola (BJLA) do Moxico prevê expandir os serviços em oito dos noves municípios da província, a fim de incentivar a juventude na prática à leitura, arte e cultura do bem escrever.

A pretensão foi dada hoje, quinta-feira, à ANGOP, pelo novo coordenador provincial da BJLA do Moxico, Elias Augusto Muachizala, após tomar posse no cargo, sustentando que a expansão vai decorrer com a criação de núcleos municipais, para estimular a sociedade ao costume da leitura.

Reconheceu que a literatura ao nível da província vem ganhando notoriedade, uma vez que aparecem cada vez mais jovens a escrever e muitos outros a publicarem as suas obras literárias.

Por seu turno, a representante do director provincial da Cultura, Ester Josefa Alberto, encorajou os empossados a rejuvenescer a literatura, advogando que o desenvolvimento das sociedades passa pela educação.

A BJLA, a nível da província do Moxico, existe há 40 anos, e tem como objectivo descobrir jovens talentosos no domínio da escrita criativa, aumentar a criação literária juvenil nas comunidades, incentivar o surgimento de novos escritores e bons leitores em Angola, bem como motivar os jovens a terem o gosto e hábito pela leitura.

A pretensão foi dada hoje, quinta-feira, à ANGOP, pelo novo coordenador provincial da BJLA do Moxico, Elias Augusto Muachizala, após tomar posse no cargo, sustentando que a expansão vai decorrer com a criação de núcleos municipais, para estimular a sociedade ao costume da leitura.

Reconheceu que a literatura ao nível da província vem ganhando notoriedade, uma vez que aparecem cada vez mais jovens a escrever e muitos outros a publicarem as suas obras literárias.

Por seu turno, a representante do director provincial da Cultura, Ester Josefa Alberto, encorajou os empossados a rejuvenescer a literatura, advogando que o desenvolvimento das sociedades passa pela educação.

A BJLA, a nível da província do Moxico, existe há 40 anos, e tem como objectivo descobrir jovens talentosos no domínio da escrita criativa, aumentar a criação literária juvenil nas comunidades, incentivar o surgimento de novos escritores e bons leitores em Angola, bem como motivar os jovens a terem o gosto e hábito pela leitura.