Circuito Internacional de Teatro encerra com entrega de prémios

  • Cit Reune Grupos Na Liga Africana
Luanda – A quinta edição do Circuito Internacional de Teatro (CIT) realizado entre 30 de Outubro a 28 de Novembro, em Luanda, encerrou com a gala de premiação.

Para o efeito foram premiados os grupos Kamba´Artes, com milhão e cem kwanzas, no âmbito do ”Prémio Catoca”, numa iniciativa da Sociedade Mineira de Catoca.

Durante a gala, proporcionada com momentos de teatro, com apresentação da peça “A Grande Questão”, pelo grupo Enigma Teatro, dança e música e distinções, o colectivo Kamba´Artes levou ainda o prémio Grupo CIT.

Já o colectivo Cia Ndokwenu Artes, com a peça “A Visita”, levou o Prémio Fragata de Morais, escritor homenageado durante o evento.

No total foram distribuídas 10 distinções e o lançamento da segunda Revista CIT.

Sob o lema”Angola 45 anos com Teatro na Promoção da Cultura de Paz”, o evento contou com a participação de 13 grupos.

O CIT faz parte do Projecto Cultura para Todos, que agrega, entre outros, os grupos teatrais Cia Enigma Teatro, Miragens Teatro, Companhia de Teatro Pitabel, Dadaísmo, Feloma Mussanzala e Imbondeiro Teatro.

Para o efeito foram premiados os grupos Kamba´Artes, com milhão e cem kwanzas, no âmbito do ”Prémio Catoca”, numa iniciativa da Sociedade Mineira de Catoca.

Durante a gala, proporcionada com momentos de teatro, com apresentação da peça “A Grande Questão”, pelo grupo Enigma Teatro, dança e música e distinções, o colectivo Kamba´Artes levou ainda o prémio Grupo CIT.

Já o colectivo Cia Ndokwenu Artes, com a peça “A Visita”, levou o Prémio Fragata de Morais, escritor homenageado durante o evento.

No total foram distribuídas 10 distinções e o lançamento da segunda Revista CIT.

Sob o lema”Angola 45 anos com Teatro na Promoção da Cultura de Paz”, o evento contou com a participação de 13 grupos.

O CIT faz parte do Projecto Cultura para Todos, que agrega, entre outros, os grupos teatrais Cia Enigma Teatro, Miragens Teatro, Companhia de Teatro Pitabel, Dadaísmo, Feloma Mussanzala e Imbondeiro Teatro.