Docente universitário apresenta obra didáctica em Saurimo

Saurimo - O docente universitário, Domingos Maiato, apresentou hoje, quarta-feira, no Instituto Superior Politécnico da Lunda Sul, em Saurimo, a segunda edição da obra didáctica intitulada “Didáctica - Educação Especial numa Perspectiva de Inclusão”.

Lançada oficialmente em Malanje, a pesquisa tme 123 páginas e foi editada em Angola, com uma tiragem de 500 exemplares.

Em declarações à ANGOP, o autor disse que durante a pesquisa efectuou uma ronda em várias escolas do ensino primário, do primeiro e segundo ciclo.

Sublinhou que o livro aborda duas discussões, a primeira voltada na educação especial e outra na inclusão de crianças com necessidades educativas especiais nas salas regulares.

Domingos Maiato  defende uma educação inclusiva, propondo a inclusão das crianças com necessidade educativas especiais nas salas de aulas regulares, colocando mais uma  figura de professores na modalidade de intérprete.

Afirmou que o objectivo é identificar e conhecer os métodos utilizados pelos professores para ensinar alunos com deficiência auditiva na escola especial e na regular comum.

“O livro é resultado da minha dissertação de mestrado, feita na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, Brasil”, enfatizou.

Domingos Maiato é natural de Malange, licenciado em pedagogia pelo Instituto Superior de Ciências de Educação do Huambo (ISCED) e mestre em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Actualmente é decano da Escola Técnica do município do Cuango, da província da Lunda Norte.

Lançada oficialmente em Malanje, a pesquisa tme 123 páginas e foi editada em Angola, com uma tiragem de 500 exemplares.

Em declarações à ANGOP, o autor disse que durante a pesquisa efectuou uma ronda em várias escolas do ensino primário, do primeiro e segundo ciclo.

Sublinhou que o livro aborda duas discussões, a primeira voltada na educação especial e outra na inclusão de crianças com necessidades educativas especiais nas salas regulares.

Domingos Maiato  defende uma educação inclusiva, propondo a inclusão das crianças com necessidade educativas especiais nas salas de aulas regulares, colocando mais uma  figura de professores na modalidade de intérprete.

Afirmou que o objectivo é identificar e conhecer os métodos utilizados pelos professores para ensinar alunos com deficiência auditiva na escola especial e na regular comum.

“O livro é resultado da minha dissertação de mestrado, feita na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, Brasil”, enfatizou.

Domingos Maiato é natural de Malange, licenciado em pedagogia pelo Instituto Superior de Ciências de Educação do Huambo (ISCED) e mestre em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Actualmente é decano da Escola Técnica do município do Cuango, da província da Lunda Norte.