Encontro alusivo à luta de libertação nacional acontece segunda-feira

  • Logomarca da Brigada Jovem de Literatura de Angola
Luanda – O II Encontro Intergeracional em alusão ao 4 de Fevereiro, Dia do Início da Luta de Libertação Nacional, realiza-se na segunda-feira, na União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda.

Uma nota de imprensa da Brigada Jovem de Literatura (BJLA), promotora do evento, chegada hoje, quarta-feira, à ANGOP, indica que estará presente como convidado especial, o escritor e nacionalista angolano Cornélio Caley, que vai partilhar, pelas 17 horas, com os jovens amantes da leitura os seus conhecimentos sobre o contributo da literatura na luta pela independência nacional.

Cornélio Caley nasceu no município do Bailundo, província do Huambo, em 1944. Fez os estudos primários na Missão Evangélica do Bailundo e secundários na Missão Evangélica do Dondi e no ex-Liceu Nacional de Nova Lisboa (na cidade do Huambo), terminando no ex-Liceu Salvador Correia, em Luanda.

Licenciado em História pela Faculdade de Letras de Lisboa, Portugal, fez o Mestrado em Estudos Africanos no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e Empresa, também em Lisboa, assim como concluiu o doutoramento em Sociologia do Desenvolvimento.

Este é o II Encontro Intergeracional promovido pela BJLA, sendo que o primeiro uniu os membros fundadores desta  agremiação cultural, destacando-se  os escritores Luís Kandjimbu, Conceição Cristóvão, António Fonseca e Irene Neto. Os mesmos contaram o percurso histórico da Brigada Jovem de Literatura de Angola (BJLA), fundada em 1981.

 

 

 

Uma nota de imprensa da Brigada Jovem de Literatura (BJLA), promotora do evento, chegada hoje, quarta-feira, à ANGOP, indica que estará presente como convidado especial, o escritor e nacionalista angolano Cornélio Caley, que vai partilhar, pelas 17 horas, com os jovens amantes da leitura os seus conhecimentos sobre o contributo da literatura na luta pela independência nacional.

Cornélio Caley nasceu no município do Bailundo, província do Huambo, em 1944. Fez os estudos primários na Missão Evangélica do Bailundo e secundários na Missão Evangélica do Dondi e no ex-Liceu Nacional de Nova Lisboa (na cidade do Huambo), terminando no ex-Liceu Salvador Correia, em Luanda.

Licenciado em História pela Faculdade de Letras de Lisboa, Portugal, fez o Mestrado em Estudos Africanos no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e Empresa, também em Lisboa, assim como concluiu o doutoramento em Sociologia do Desenvolvimento.

Este é o II Encontro Intergeracional promovido pela BJLA, sendo que o primeiro uniu os membros fundadores desta  agremiação cultural, destacando-se  os escritores Luís Kandjimbu, Conceição Cristóvão, António Fonseca e Irene Neto. Os mesmos contaram o percurso histórico da Brigada Jovem de Literatura de Angola (BJLA), fundada em 1981.