Escritor espanhol Xosé Lois Garcia aborda obras de Lopito Feijó

  • Escritor Lopito Feijó
Luanda - O escritor espanhol Xosé Lois Garcia vai publicar, ainda este ano, um Caderno de Ensaio Crítico com a abordagem sobre um conjunto de obras poéticas do autor angolano Lopito Feijó.

A obra em fase de impressão e acabamento será editada, numa parceria entre a União dos Escritores Angolanos ( UEA ) e a Chela editora.

Em declarações hoje (quinta-feira) a ANGOP, o Secretário Geral da União Escritores Angolanos ( UEA ), David Capelenguela, afirmou que trata-se de um Ensaio Critico, onde o escritor espanhol faz uma abordagens sobre uma serie de trabalhos já publicados pelo o autor angolano Lopito Feijó, com realce aos títulos genericamente doutrinários.

A obra, com mais de 200 páginas, conta com o prefácio do escritor David Capelenguela e pós-prefacio do jornalista e critico literário português Manuel Vaz.

Com uma tiragem, numa primeira fase, de 500 exemplares a obra será apresentada em Luanda e a posterior na cidade portuguesa de Lisboa.

O responsável da UEA precisou que a parceria estabelecida surge no âmbito do interesse entre as duas editoras de alargar a sua actuação com finalidade de realizar trabalhos conjuntos, visando partilhar experiências e a satisfação do mercado literário nacional.

“A obra a ser editada do escritor espanhol marca o início desta parceria entre as duas editoras e pensamos que a mesma vai dar um contributo no mercado literário nacional “, destacou David Capelenguela.

Xosé Lois Garcia escreveu prefácios para várias obras de autores africanos lusófonos, dentre os quais se destaca o ensaio em Português intitulado "Amílcar Cabral: Ideologia, Nacionalismo e Cultura" que abre o livro de Cabral "Nacionalismo e Cultura", lançado em Português pela Edicións Laiovento ( Santiago de Compostela, 1999).

Nascido na cidade de Lugo (Galícia) em 22 de Abril de 1945, Xosé Lois Garcia, tem poemas, entre outros géneros literários, e autor de peças teatrais bem como estudioso da realidade social e activista político.

 

A obra em fase de impressão e acabamento será editada, numa parceria entre a União dos Escritores Angolanos ( UEA ) e a Chela editora.

Em declarações hoje (quinta-feira) a ANGOP, o Secretário Geral da União Escritores Angolanos ( UEA ), David Capelenguela, afirmou que trata-se de um Ensaio Critico, onde o escritor espanhol faz uma abordagens sobre uma serie de trabalhos já publicados pelo o autor angolano Lopito Feijó, com realce aos títulos genericamente doutrinários.

A obra, com mais de 200 páginas, conta com o prefácio do escritor David Capelenguela e pós-prefacio do jornalista e critico literário português Manuel Vaz.

Com uma tiragem, numa primeira fase, de 500 exemplares a obra será apresentada em Luanda e a posterior na cidade portuguesa de Lisboa.

O responsável da UEA precisou que a parceria estabelecida surge no âmbito do interesse entre as duas editoras de alargar a sua actuação com finalidade de realizar trabalhos conjuntos, visando partilhar experiências e a satisfação do mercado literário nacional.

“A obra a ser editada do escritor espanhol marca o início desta parceria entre as duas editoras e pensamos que a mesma vai dar um contributo no mercado literário nacional “, destacou David Capelenguela.

Xosé Lois Garcia escreveu prefácios para várias obras de autores africanos lusófonos, dentre os quais se destaca o ensaio em Português intitulado "Amílcar Cabral: Ideologia, Nacionalismo e Cultura" que abre o livro de Cabral "Nacionalismo e Cultura", lançado em Português pela Edicións Laiovento ( Santiago de Compostela, 1999).

Nascido na cidade de Lugo (Galícia) em 22 de Abril de 1945, Xosé Lois Garcia, tem poemas, entre outros géneros literários, e autor de peças teatrais bem como estudioso da realidade social e activista político.