Grabriel Tchiema exalta potencialidades de Cabinda

  • Gabriel Tchiema
Luanda - O músico angolano Gabriel Tchiema lançou, recentemente, a sua mais recente música intitulada “Cabinda”.

A música”  Cabinda” interpretada, com aproximadamente cinco minutos, enaltece as potencialidades da província mais a norte de Angola.

“Cabinda” é um rumba que teve como corista Sandra Samantha, piano de Pedro Bansimba, guitarra de Mavinga Ndombasi, bass de Mavinga B. Gabriel e bateria de Miguel Kimpala.

Gravada em Luanda nos estúdios da Rádio Vial, contou ainda com a percussão de Roberto Zola, saxofone de Rigoberto Fresquet e Magno Trompet e Ephraim La Tromba, respectivamente no tropete e trone.

Música e letra original de Lauriano e da banda ASP Cabinda, a canção foi masterizada no Cervantes Estúdios, em Lisboa.

Singela homenagem à província de Cabinda, a versão original foi lançada em 1987.

Cantor e compositor angolano com várias influências na sua música, desde o afro soul e afro funky, Gabriel Tchiema tem no mercado os discos  Yena nhi yami (1998) e “Azulula”.

A música”  Cabinda” interpretada, com aproximadamente cinco minutos, enaltece as potencialidades da província mais a norte de Angola.

“Cabinda” é um rumba que teve como corista Sandra Samantha, piano de Pedro Bansimba, guitarra de Mavinga Ndombasi, bass de Mavinga B. Gabriel e bateria de Miguel Kimpala.

Gravada em Luanda nos estúdios da Rádio Vial, contou ainda com a percussão de Roberto Zola, saxofone de Rigoberto Fresquet e Magno Trompet e Ephraim La Tromba, respectivamente no tropete e trone.

Música e letra original de Lauriano e da banda ASP Cabinda, a canção foi masterizada no Cervantes Estúdios, em Lisboa.

Singela homenagem à província de Cabinda, a versão original foi lançada em 1987.

Cantor e compositor angolano com várias influências na sua música, desde o afro soul e afro funky, Gabriel Tchiema tem no mercado os discos  Yena nhi yami (1998) e “Azulula”.