João Melo anuncia primeiro romance 

  • João Melo
Luanda - O escritor e jornalista João Melo anunciou, na sua conta no Twitter, ter terminado o seu primeiro romance.

O autor disse que, por enquanto, prefere não revelar nem o título nem a história contada no seu novo livro já entregue ao editor, limitando-se a afirmar que se trata de um romance sobre literatura, política e sociedade.

Em 2020, publicou, em Portugal, “O dia em que Charles Bossangwa chegou à América”, o seu sétimo livro de contos, que continua a aguardar editor em Angola.

Vencedor do Prémio Nacional da Cultura 2009 pelo conjunto da sua obra literária, João Melo é habitualmente publicado em Angola e Portugal, mas tem igualmente livros saídos no Brasil, Itália e Cuba.

Tem ainda poemas e contos publicados em várias antologias, revistas e sites literários em inglês, francês, alemão, árabe e mandarim.

No princípio deste ano, um dos seus contos – “O meu primeiro milhão de dólares” – foi publicado em inglês no site nigeriano Olongo África (www.olongoafrica.com), traduzido pelo norte-americano Cliff E. Landers, tradutor habitual de vários escritores brasileiros.

“A morte é sempre pontual”, outro conto de João Melo, também traduzido por Landers, sairá no próximo verão europeu na revista Catamaran Literary Review, publicada em Santa Cruz da Califórnia, nos Estados Unidos.

Essa revista já publicou anteriormente duas outras estórias do escritor angolano.

O autor tem  mais de vinte livros, entre poesia, contos e um ensaio sobre jornalismo.

O autor disse que, por enquanto, prefere não revelar nem o título nem a história contada no seu novo livro já entregue ao editor, limitando-se a afirmar que se trata de um romance sobre literatura, política e sociedade.

Em 2020, publicou, em Portugal, “O dia em que Charles Bossangwa chegou à América”, o seu sétimo livro de contos, que continua a aguardar editor em Angola.

Vencedor do Prémio Nacional da Cultura 2009 pelo conjunto da sua obra literária, João Melo é habitualmente publicado em Angola e Portugal, mas tem igualmente livros saídos no Brasil, Itália e Cuba.

Tem ainda poemas e contos publicados em várias antologias, revistas e sites literários em inglês, francês, alemão, árabe e mandarim.

No princípio deste ano, um dos seus contos – “O meu primeiro milhão de dólares” – foi publicado em inglês no site nigeriano Olongo África (www.olongoafrica.com), traduzido pelo norte-americano Cliff E. Landers, tradutor habitual de vários escritores brasileiros.

“A morte é sempre pontual”, outro conto de João Melo, também traduzido por Landers, sairá no próximo verão europeu na revista Catamaran Literary Review, publicada em Santa Cruz da Califórnia, nos Estados Unidos.

Essa revista já publicou anteriormente duas outras estórias do escritor angolano.

O autor tem  mais de vinte livros, entre poesia, contos e um ensaio sobre jornalismo.