Lopito Feijó anuncia apresentação de novas obras

  • Escritor Lopito Feijó
Luanda - O escritor Lopito Feijó anunciou, esta quinta-feira, em Luanda, a apresentação de duas novas obras literárias intituladas “ Trajectos e Trajectários “ e “ Mar e Intimidades”, nos meses de Setembro e Outubro.

Em declarações à ANGOP, Lopito Feijó explicou que o livro “ Trajectos e Trajectários” aborda um conjunto de obras de alguns autores nacionais, entre eles David Mestre, Luís Canjimbo, Domingos Floretino, Arlindo Barbetos, António Panguila, entre outros.

Ainda no mesmo livro estão incluídas algumas notas criticas sobre as obras de autores do espaço da Comunidade de Países de Língua oficial Portuguesa (CPLP), onde Lopito Feijó deu o seu contributo, entre os quais Marcelo Brellos ( brasileiro ) e as poetizas santomenses Gorretti Pina e Alda Olinda Beja e a portuguesa Maria Fernanda Miranda.

O livro comporta mais de cem páginas e terá uma tiragem de 500 exemplares, numa primeira fase.

A obra “ Mar e Intimidades “ de género poesia, a ser apresentada no mês de Outubro, segundo o autor, já foi apresentada na Feira do Livro na cidade portuguesa de Lisboa, em Agosto de 2020.

“ Por razões de transportação e devido à pandemia da Covid-19, só agora que será possível ser apresentada em Luanda“, justificou o autor.

Trata-se de uma obra, que contêm cem páginas, com uma tiragem de 500 livros e foi editada pela Modocromia, editora portuguesa, do género poesia erótica, na senda do já apresentado em 2015, o livro intitulado “ Desejos de Aminata “.

João André da Silva Feijó, de seu nome completo, nasceu em Malanje, em 1963, estudou Direito em Luanda, na Universidade Agostinho Neto ( UAN ).

Membro fundador da Brigada Jovem de Literatura, é membro da União dos Escritores Angolanos (UEA ) e tem já publicadas as obras como “ Écran e o Esperma “, “ Camarada Presidente “, “ Rosa Cor de Rosa “ ,“ Desejos de Aminata “, entre outras.

Em declarações à ANGOP, Lopito Feijó explicou que o livro “ Trajectos e Trajectários” aborda um conjunto de obras de alguns autores nacionais, entre eles David Mestre, Luís Canjimbo, Domingos Floretino, Arlindo Barbetos, António Panguila, entre outros.

Ainda no mesmo livro estão incluídas algumas notas criticas sobre as obras de autores do espaço da Comunidade de Países de Língua oficial Portuguesa (CPLP), onde Lopito Feijó deu o seu contributo, entre os quais Marcelo Brellos ( brasileiro ) e as poetizas santomenses Gorretti Pina e Alda Olinda Beja e a portuguesa Maria Fernanda Miranda.

O livro comporta mais de cem páginas e terá uma tiragem de 500 exemplares, numa primeira fase.

A obra “ Mar e Intimidades “ de género poesia, a ser apresentada no mês de Outubro, segundo o autor, já foi apresentada na Feira do Livro na cidade portuguesa de Lisboa, em Agosto de 2020.

“ Por razões de transportação e devido à pandemia da Covid-19, só agora que será possível ser apresentada em Luanda“, justificou o autor.

Trata-se de uma obra, que contêm cem páginas, com uma tiragem de 500 livros e foi editada pela Modocromia, editora portuguesa, do género poesia erótica, na senda do já apresentado em 2015, o livro intitulado “ Desejos de Aminata “.

João André da Silva Feijó, de seu nome completo, nasceu em Malanje, em 1963, estudou Direito em Luanda, na Universidade Agostinho Neto ( UAN ).

Membro fundador da Brigada Jovem de Literatura, é membro da União dos Escritores Angolanos (UEA ) e tem já publicadas as obras como “ Écran e o Esperma “, “ Camarada Presidente “, “ Rosa Cor de Rosa “ ,“ Desejos de Aminata “, entre outras.