MCTA  destaca valências culturais de Raúl Danda

  • Deputado, Raúl Danda
Luanda – O ministro da Cultura, Turismo e Ambiente (MCTA), Jomo Fortunato, destacou, neste domingo, o contributo de Raúl Danda na divulgação, preservação e afirmação da cultura angolana.

Em nota de condolências pela morte do deputado, o ministro realça o papel como investigador, actor, escritor e um acérrimo defensor da promoção das línguas nacionais.

“Com a sua morte prematura, o País perde também os préstimos de um cidadão incansável na luta e na defesa dos valores morais, cívicos e culturais”, lê-se na nota a que a ANGOP teve acesso.

O mesmo sentiimente de pesar é manifestado pelo ministro dos Antigos Combatentes e veteranos da Pátria, João Ernesto Liberdade, que destaca, igualmente, o contributo de Raú Danda na construção do estado de direito e democrático em Angola.

Raúl Danda notabilizou-se pelo desempenho de várias funções, como político, jornalista, e homem apaixonado por arte e cultura.

Como actor, Raúl Danda foi um dos principais protagonistas da telenovela de produção nacional "Vidas Ocultas", transmitida em vários países em 2001, tendo feito par com a atriz Raquel da Lomba.

Raúl Danda desempenhou, entre outras funções, a de presidente do Grupo Parlamentar da UNITA e vice-presidente da mesma formação política.

Licenciado em Gestão de Empresas e Ciências Económicas pela Universidade Lusíada de Angola, nasceu na província de Cabinda, a 13 de Novembro 1957.

Em nota de condolências pela morte do deputado, o ministro realça o papel como investigador, actor, escritor e um acérrimo defensor da promoção das línguas nacionais.

“Com a sua morte prematura, o País perde também os préstimos de um cidadão incansável na luta e na defesa dos valores morais, cívicos e culturais”, lê-se na nota a que a ANGOP teve acesso.

O mesmo sentiimente de pesar é manifestado pelo ministro dos Antigos Combatentes e veteranos da Pátria, João Ernesto Liberdade, que destaca, igualmente, o contributo de Raú Danda na construção do estado de direito e democrático em Angola.

Raúl Danda notabilizou-se pelo desempenho de várias funções, como político, jornalista, e homem apaixonado por arte e cultura.

Como actor, Raúl Danda foi um dos principais protagonistas da telenovela de produção nacional "Vidas Ocultas", transmitida em vários países em 2001, tendo feito par com a atriz Raquel da Lomba.

Raúl Danda desempenhou, entre outras funções, a de presidente do Grupo Parlamentar da UNITA e vice-presidente da mesma formação política.

Licenciado em Gestão de Empresas e Ciências Económicas pela Universidade Lusíada de Angola, nasceu na província de Cabinda, a 13 de Novembro 1957.