MINJUD reafirma compromisso com juventude

  • Ministra da juventude e desporto recebe em audiência secretário geral da Brigada Jovem de Literatura de Angola
Luanda - A ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, reafirmou, nesta sexta-feira, o compromisso do Executivo continuar a responder, de forma positiva, as solicitações da juventude angolana.

A governante, que falava no final de uma audiência ao Presidente da Comissão Executiva da Brigada Jovem de Literatura de Angola, Carlos Pedro, afirmou estar a ser feita advocacia para se cumprir as políticas da juventude, gizadas pelo Executivo.

Ana Paula do Sacramento Neto adiantou estar em execução a sensibilização das associações juvenis para a necessidade da renovação de mandatos como forma de melhor responderem aos desafios impostos.

Por sua vez, o Presidente da Comissão Executiva da Brigada Jovem de Literatura de Angola, Carlos Pedro, afirmou ter levado ao conhecimento da ministra preocupações ligadas a legalização da organização, instalações próprias e apoio na produção de obras literárias.

Carlos Pedro adiantou que a Brigada Jovem de Literatura de Angola (BJLA) está disponível para ajudar na divulgação das acções do Executivo destinadas à juventude.

O responsável fez ainda menção à necessidade da dinamização das acções da BJLA e dos seus núcleos provinciais.

A governante, que falava no final de uma audiência ao Presidente da Comissão Executiva da Brigada Jovem de Literatura de Angola, Carlos Pedro, afirmou estar a ser feita advocacia para se cumprir as políticas da juventude, gizadas pelo Executivo.

Ana Paula do Sacramento Neto adiantou estar em execução a sensibilização das associações juvenis para a necessidade da renovação de mandatos como forma de melhor responderem aos desafios impostos.

Por sua vez, o Presidente da Comissão Executiva da Brigada Jovem de Literatura de Angola, Carlos Pedro, afirmou ter levado ao conhecimento da ministra preocupações ligadas a legalização da organização, instalações próprias e apoio na produção de obras literárias.

Carlos Pedro adiantou que a Brigada Jovem de Literatura de Angola (BJLA) está disponível para ajudar na divulgação das acções do Executivo destinadas à juventude.

O responsável fez ainda menção à necessidade da dinamização das acções da BJLA e dos seus núcleos provinciais.