Nástio Mosquito lança “A Viagem”

  • Livro com o tiítulo " a viagem "
Luanda - “A Viagem” é o primeiro volume da trilogia infantil de autoria de Nástio Mosquito, ilustrado por Oga Mendonça, a ser lançado a 05 deste mês, durante o talk show ao vivo “Talk 2 Mi”.

A obra estará disponível nas plataformas digitais Tupuca e Soba Store.

Dedicado para crianças a partir dos 06 anos, o livro conta as aventuras do Pai Natal no continente africano e promete transportar o espírito natalício para o hemisfério sul.

Em “A Viagem”, o Pai Natal embarca numa aventura à descoberta de um sonho, e neste percurso apresenta o continente africano aos seus companheiros duendes, e a todos os leitores.

Rendido às maravilhas do deserto do Namibe, toma uma decisão inesperada! No desenrolar da aventura, desvendam-se os mais importantes marcos históricos do continente africano, a sua geografia, ritos e tradições, recriando-se, com elementos que reconhecemos, o Natal.

“Há décadas, até séculos, vivemos a época natalícia seguindo os códigos folclóricos do Ocidente que muitas vezes vão totalmente contra a realidade que nos apresenta a nossa cultura estética e realidade geográfica. É chegado o momento de reclamarmos, para todo o hemisfério Sul do Planeta, que se relaciona com o Natal cristão, o resgate de identidade e a libertação de uma escravatura cultural, social e económica”, afirma Nástio Mosquito.

Nástio Mosquito é conhecido por performances, vídeos, música e poesia que mostram um intenso compromisso com o potencial aberto da linguagem.

Com um percurso ligado também às artes plásticas, com exposições na Tate Modern, em Londres, e trabalhos expostos nos EUA, Brasil e Japão.

A obra estará disponível nas plataformas digitais Tupuca e Soba Store.

Dedicado para crianças a partir dos 06 anos, o livro conta as aventuras do Pai Natal no continente africano e promete transportar o espírito natalício para o hemisfério sul.

Em “A Viagem”, o Pai Natal embarca numa aventura à descoberta de um sonho, e neste percurso apresenta o continente africano aos seus companheiros duendes, e a todos os leitores.

Rendido às maravilhas do deserto do Namibe, toma uma decisão inesperada! No desenrolar da aventura, desvendam-se os mais importantes marcos históricos do continente africano, a sua geografia, ritos e tradições, recriando-se, com elementos que reconhecemos, o Natal.

“Há décadas, até séculos, vivemos a época natalícia seguindo os códigos folclóricos do Ocidente que muitas vezes vão totalmente contra a realidade que nos apresenta a nossa cultura estética e realidade geográfica. É chegado o momento de reclamarmos, para todo o hemisfério Sul do Planeta, que se relaciona com o Natal cristão, o resgate de identidade e a libertação de uma escravatura cultural, social e económica”, afirma Nástio Mosquito.

Nástio Mosquito é conhecido por performances, vídeos, música e poesia que mostram um intenso compromisso com o potencial aberto da linguagem.

Com um percurso ligado também às artes plásticas, com exposições na Tate Modern, em Londres, e trabalhos expostos nos EUA, Brasil e Japão.