Obra literária “O psicólogo ambulante” à disposição do público leitor

Huambo-  A obra literária “O psicólogo ambulante”, da autoria do professor universário Hermenegildo Pinto, já se encontra à disposição do público leitor, após a apresentação e autográfos, decorrida esta quarta-feira, no auditório do ISCED- Huambo.

O livro, com 127 páginas e quatro capítulos, em forma de romance, faz uma crítica social  em relação ao comportamento humano no dia-a-dia, apelando, ao mesmo tempo, há necessidade de se epensar a maneira de ser.

Em declarações à ANGOP, Hermenegildo Pinto disse que o livro narra a história de um professor universitário, com um enredo sobre um conjunto de sistematização  do pensamento humano.

Segundo o autor, é necessário pensar e reflectir em outras formas de fazer e ensinar a pedagogia, em função da dinâmica social, adoptando as novas metodologias que se enquadrem aos desafios específicos do momento.

"Vivemos numa sociedade com muitos transtornos, resultantes do conflito armado que o país vivem  e  das circunstâncias económico-sociais  degradantes, cuja inversão exige, acima de tudo, uma melhor qualificação dos especialistas, para garantir uma harmonia e o desenvolvimento comportamental humano", realçou.

Hermenegildo Pinto, doutor em Linguística, mestre em Administração das Empresas e licenciado em Teologia, é também autor dos livros "Picantes e saborosos ao âmago”, “Cultura e clima organizacional” e “Missões e você”.

Natural da província da Lunda Norte, Hermenegildo Pinto é professor da Escola Superior pedagógica do Bié,  onde lecciona a cadeira de Língua Portuguesa.

 

 

O livro, com 127 páginas e quatro capítulos, em forma de romance, faz uma crítica social  em relação ao comportamento humano no dia-a-dia, apelando, ao mesmo tempo, há necessidade de se epensar a maneira de ser.

Em declarações à ANGOP, Hermenegildo Pinto disse que o livro narra a história de um professor universitário, com um enredo sobre um conjunto de sistematização  do pensamento humano.

Segundo o autor, é necessário pensar e reflectir em outras formas de fazer e ensinar a pedagogia, em função da dinâmica social, adoptando as novas metodologias que se enquadrem aos desafios específicos do momento.

"Vivemos numa sociedade com muitos transtornos, resultantes do conflito armado que o país vivem  e  das circunstâncias económico-sociais  degradantes, cuja inversão exige, acima de tudo, uma melhor qualificação dos especialistas, para garantir uma harmonia e o desenvolvimento comportamental humano", realçou.

Hermenegildo Pinto, doutor em Linguística, mestre em Administração das Empresas e licenciado em Teologia, é também autor dos livros "Picantes e saborosos ao âmago”, “Cultura e clima organizacional” e “Missões e você”.

Natural da província da Lunda Norte, Hermenegildo Pinto é professor da Escola Superior pedagógica do Bié,  onde lecciona a cadeira de Língua Portuguesa.