UNAC-SA ganha nova sede no Dia da Cultura

  • Zeca Moreno, reinaugura as instalações  da UNAC
Luanda – A União Nacional dos Artistas e Compositores (UNAC-SA) conta desde esta sexta-feira (8) com novas instalações, após processo de reabilitação.

As novas instalações, inauguradas no âmbito do Dia da Cultura Nacional (8 de Janeiro), começaram a ser reabilitadas em Outubro e terminaram a 30 de Dezembro de 2020.

A infra-estrutura comporta, essencialmente, gabinetes administrativos, sala de reuniões, secretariado, sala de direitos autorias e uma base de dados.

Com este passo, conforme o presidente da Comissão Directiva da instituição, Zeca Moreno, os artistas e fazedores de cultura poderão ter mais capacidade de criação, sendo, no seu ponto de vista, "um novo começo" para a classe artística.

Ao intervir no acto de inauguração, prometeu continuar a trabalhar em prol dos associados, sublinhando que o programa de reestruturação em curso na instituição dará maior dignidade aos filiados.

Para um pleno funcionamento da instituição, a direcção criou e lançou ainda hoje o portal da UNAC-SA, com a biografia dos artistas.

Fizeram parte da actividade membros associados da UNAC-SA e convidados.

A UNAC é uma instituição de utilidade pública, criada há 39 anos, que congrega autores, compositores, músicos, dançarinos, actores e agentes de outras manifestações artísticas,

Tem por objectivo estabelecer e implementar estratégias e acções que concorram para a promoção, desenvolvimento e defesa dos interesses sócio-profissionais da classe.

A organização tem por finalidade específica a dinamização da dança, teatro e música, assim como a luta pela inserção profissional e consequentemente a afirmação social dos seus associados.

A UNAC controla mais de seis mil membros e tem representações nas províncias de Cabinda, Zaire, Malanje, Lunda Norte, Lunda Sul, Moxico, Cuanza Sul, Benguela, Huambo, Huila e Cunene.

 

 

 

 

As novas instalações, inauguradas no âmbito do Dia da Cultura Nacional (8 de Janeiro), começaram a ser reabilitadas em Outubro e terminaram a 30 de Dezembro de 2020.

A infra-estrutura comporta, essencialmente, gabinetes administrativos, sala de reuniões, secretariado, sala de direitos autorias e uma base de dados.

Com este passo, conforme o presidente da Comissão Directiva da instituição, Zeca Moreno, os artistas e fazedores de cultura poderão ter mais capacidade de criação, sendo, no seu ponto de vista, "um novo começo" para a classe artística.

Ao intervir no acto de inauguração, prometeu continuar a trabalhar em prol dos associados, sublinhando que o programa de reestruturação em curso na instituição dará maior dignidade aos filiados.

Para um pleno funcionamento da instituição, a direcção criou e lançou ainda hoje o portal da UNAC-SA, com a biografia dos artistas.

Fizeram parte da actividade membros associados da UNAC-SA e convidados.

A UNAC é uma instituição de utilidade pública, criada há 39 anos, que congrega autores, compositores, músicos, dançarinos, actores e agentes de outras manifestações artísticas,

Tem por objectivo estabelecer e implementar estratégias e acções que concorram para a promoção, desenvolvimento e defesa dos interesses sócio-profissionais da classe.

A organização tem por finalidade específica a dinamização da dança, teatro e música, assim como a luta pela inserção profissional e consequentemente a afirmação social dos seus associados.

A UNAC controla mais de seis mil membros e tem representações nas províncias de Cabinda, Zaire, Malanje, Lunda Norte, Lunda Sul, Moxico, Cuanza Sul, Benguela, Huambo, Huila e Cunene.