Yola Semedo abrilhanta evento de moda

  • Cantora angolana,Yola Semedo
Luanda - A artista e compositora Yola Semedo abrilhantou na noite deste domingo, em Luanda, o desfile de moda, denominado "Midnight secret-especial edition".

Com a música "Quem ama suporta", a cantora anunciou a sua presença em palco, onde cantou também  "Minha sorte", "Sou dona", terminando a actuação com "Carlito", o que deixou triste os presentes, que pediam mais músicas.

Durante o evento, a empresaria Gracieth Gomes lançou oficialmente a sua colecção de roupas femininas, para eventos festivos.

O desfile contou a participação de modelos da "Hadja Models", que também fizeram uma exposição de perucas e "live make-up".

Em declarações à impresa, Gracieth Gomes anunciou que prevê, até ao final de ano, lançar a sua marca no mercado nacional.

Deu a conhecer que o material de trabalho é de origem turca, sendo o que vai usar para as roupas da sua própria marca.

Por este motivo, e em função do momento actual afectado pela pandemia da Covid-19, os clientes poderão entrar em contacto para a aquisição via internet, através da localização do "Atelier Gracieth".

Por sua vez, o responsavel do espaço de cultura "Climax", Bruno Rodrigues, salientou o facto de ter sido o primeiro evento do género no recinto, que visou promover a música e a moda, manifestando ainda o desejo de continuar com as acções das artes angolanas.

Realçou ser uma experiência positiva, bem recebida pelo público, que pedia por mais diversidade de cantores.

Com a música "Quem ama suporta", a cantora anunciou a sua presença em palco, onde cantou também  "Minha sorte", "Sou dona", terminando a actuação com "Carlito", o que deixou triste os presentes, que pediam mais músicas.

Durante o evento, a empresaria Gracieth Gomes lançou oficialmente a sua colecção de roupas femininas, para eventos festivos.

O desfile contou a participação de modelos da "Hadja Models", que também fizeram uma exposição de perucas e "live make-up".

Em declarações à impresa, Gracieth Gomes anunciou que prevê, até ao final de ano, lançar a sua marca no mercado nacional.

Deu a conhecer que o material de trabalho é de origem turca, sendo o que vai usar para as roupas da sua própria marca.

Por este motivo, e em função do momento actual afectado pela pandemia da Covid-19, os clientes poderão entrar em contacto para a aquisição via internet, através da localização do "Atelier Gracieth".

Por sua vez, o responsavel do espaço de cultura "Climax", Bruno Rodrigues, salientou o facto de ter sido o primeiro evento do género no recinto, que visou promover a música e a moda, manifestando ainda o desejo de continuar com as acções das artes angolanas.

Realçou ser uma experiência positiva, bem recebida pelo público, que pedia por mais diversidade de cantores.