Aeroporto iraquiano atacado com três mísseis

Bagdad - O aeroporto internacional de Bagdad foi atacado na noite de sexta-feira com três mísseis, que caíram fora de suas instalações e sem causar feridos, ocorrendo após o duplo ataque suicídio na quinta-feira que causou 32 mortes no centro da capital iraquiana.

"Três mísseis foram lançados contra o Aeroporto Internacional de Bagdad na noite passada", disse hoje o Escritório de Informações do Exército num comunicado, sem dar informação sobre os responsáveis pelo ataque.

"Dois mísseis caíram fora do aeroporto e um terceiro na casa de um cidadão da área do bairro de Al-Jihad sem causar danos materiais e sem vítimas", acrescentou.

Os ataques com foguetes ocorrem rotineiramente contra o aeroporto de Bagdad e, sobretudo, contra a Zona Verde, uma área fortificada no centro da cidade onde se concentram o Parlamento, bases militares e vários edifícios governamentais e embaixadas estrangeiras, em particular a de Estados Unidos, o principal objectivo dessas acções.

"Três mísseis foram lançados contra o Aeroporto Internacional de Bagdad na noite passada", disse hoje o Escritório de Informações do Exército num comunicado, sem dar informação sobre os responsáveis pelo ataque.

"Dois mísseis caíram fora do aeroporto e um terceiro na casa de um cidadão da área do bairro de Al-Jihad sem causar danos materiais e sem vítimas", acrescentou.

Os ataques com foguetes ocorrem rotineiramente contra o aeroporto de Bagdad e, sobretudo, contra a Zona Verde, uma área fortificada no centro da cidade onde se concentram o Parlamento, bases militares e vários edifícios governamentais e embaixadas estrangeiras, em particular a de Estados Unidos, o principal objectivo dessas acções.