Alemanha/Eleições: Primeiras projecções dão empate técnico

Berlim - As primeiras projecções das eleições na Alemanha dão um empate técnico entre SPD e CDU/CSU. De acordo com a Reuters, as informações dão 25% dos votos para ambas as forças partidárias.

Ainda de acordo com a agência de notícias, os Verdes terão 15% dos votos e os Liberais 11%. 

De recordar que longas filas e falta de boletins de votos levaram a que as autoridades que gerem a votação na cidade-estado de Berlim prolonguem o horário de voto até depois das 18h00 (17h00 em Lisboa).

Ao início da tarde (às 14h00 locais), a taxa de participação no ato eleitoral era de 36,5%, menos quatro pontos percentuais em relação às eleições de 2017, segundo os dados da Comissão Eleitoral alemã.

Esta percentagem não inclui, no entanto, o voto por correspondência.

Estima-se que, especialmente por causa da pandemia de Covid-19, mais de metade dos eleitores alemães tenha optado pelo voto por correio, modalidade que pode registar níveis recorde no actual escrutínio.

Nas eleições de 2017, a taxa de participação final foi de 76,2%.

 

Ainda de acordo com a agência de notícias, os Verdes terão 15% dos votos e os Liberais 11%. 

De recordar que longas filas e falta de boletins de votos levaram a que as autoridades que gerem a votação na cidade-estado de Berlim prolonguem o horário de voto até depois das 18h00 (17h00 em Lisboa).

Ao início da tarde (às 14h00 locais), a taxa de participação no ato eleitoral era de 36,5%, menos quatro pontos percentuais em relação às eleições de 2017, segundo os dados da Comissão Eleitoral alemã.

Esta percentagem não inclui, no entanto, o voto por correspondência.

Estima-se que, especialmente por causa da pandemia de Covid-19, mais de metade dos eleitores alemães tenha optado pelo voto por correio, modalidade que pode registar níveis recorde no actual escrutínio.

Nas eleições de 2017, a taxa de participação final foi de 76,2%.