Biden e Putin em busca de relação "mais estável"

  • Arte das fotos dos Presidentes da Russia, Vladimir Putin e dos EUA,  Joe Biden
Os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da Rússia, Vladimir Putin, realizam hoje uma cimeira em Genebra à procura de uma relação "estável e previsível".

 

O encontro será um ponto marcante da primeira deslocação de Biden à Europa, numa altura em que se acentuam as tensões entre a Rússia e o Ocidente, noticiou a LUSA.


Biden reúne-se com Putin após participar nas cimeiras do G7, da NATO e com a União Europeia, em particular após a reunião de segunda-feira (14.06) com os aliados e na qual a Rússia e a China foram apontados como "desafios sistemáticos à ordem internacional". 

A abordagem de Biden face à Rússia assinala uma ruptura com a protagonizada pelo seu antecessor Donald Trump.

A Presidência norte-americana optou agora por fornecer poucos detalhes sobre o encontro a dois, e apenas confirmou que, ao contrário do que sucedeu com Trump em 2018, não está prevista uma conferência de imprensa conjunta.

 

O encontro será um ponto marcante da primeira deslocação de Biden à Europa, numa altura em que se acentuam as tensões entre a Rússia e o Ocidente, noticiou a LUSA.


Biden reúne-se com Putin após participar nas cimeiras do G7, da NATO e com a União Europeia, em particular após a reunião de segunda-feira (14.06) com os aliados e na qual a Rússia e a China foram apontados como "desafios sistemáticos à ordem internacional". 

A abordagem de Biden face à Rússia assinala uma ruptura com a protagonizada pelo seu antecessor Donald Trump.

A Presidência norte-americana optou agora por fornecer poucos detalhes sobre o encontro a dois, e apenas confirmou que, ao contrário do que sucedeu com Trump em 2018, não está prevista uma conferência de imprensa conjunta.