China detecta 13 casos locais nas províncias de Fujian e Heilongjiang

  • Feira destaca criações ligadas à Covid-19
Fujian - A China anunciou hoje ter identificado 35 novos casos de covid-19, dos quais 13 por contágio local, diagnosticados nas províncias de Fujian e Heilongjiang.

Fujian, no sudeste do país, e Heilongjiang, no nordeste da China, somaram dois e 11 casos, respectivamente.


Os restantes 22 casos positivos foram diagnosticados em viajantes oriundos do exterior nos municípios de Xangai (leste), Pequim (norte) e Tianjin (norte) e nas províncias de Yunnan (sul), Liaoning (nordeste), Jiangsu (leste), Zhejiang (leste), Shandong (leste) e Guangdong (sudeste).


A Comissão de Saúde da China indicou que, até à meia-noite local, 36 pacientes tiveram alta, com o número total de infectados activos na China continental a subir para 1.012, incluindo 11 em estado grave.


A mesma fonte adiantou que o país somou 96.050 casos e 4.636 mortos desde o início da pandemia.


A covid-19 provocou pelo menos 4.740.525 mortes em todo o mundo, entre 231,48 milhões infecções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.


Em Portugal, desde Março de 2020, morreram 17.954 pessoas e foram contabilizados 1.066.945 casos de infecção, segundo dados da Direcção-Geral da Saúde.


A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detectado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e actualmente com variantes identificadas em vários países.

 

Fujian, no sudeste do país, e Heilongjiang, no nordeste da China, somaram dois e 11 casos, respectivamente.


Os restantes 22 casos positivos foram diagnosticados em viajantes oriundos do exterior nos municípios de Xangai (leste), Pequim (norte) e Tianjin (norte) e nas províncias de Yunnan (sul), Liaoning (nordeste), Jiangsu (leste), Zhejiang (leste), Shandong (leste) e Guangdong (sudeste).


A Comissão de Saúde da China indicou que, até à meia-noite local, 36 pacientes tiveram alta, com o número total de infectados activos na China continental a subir para 1.012, incluindo 11 em estado grave.


A mesma fonte adiantou que o país somou 96.050 casos e 4.636 mortos desde o início da pandemia.


A covid-19 provocou pelo menos 4.740.525 mortes em todo o mundo, entre 231,48 milhões infecções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.


Em Portugal, desde Março de 2020, morreram 17.954 pessoas e foram contabilizados 1.066.945 casos de infecção, segundo dados da Direcção-Geral da Saúde.


A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detectado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e actualmente com variantes identificadas em vários países.