Covid-19: França alivia medidas a partir de 03 de Maio

  • Ilustração do  Covid-19
Paris - A França prepara-se para começar a desconfinar a partir de 03 de Maio, aliviando medidas como as viagens entre diferentes regiões e uma possível reabertura das esplanadas a partir de 13 de Maio, noticiou a Lusa.

Após quase um mês de confinamento, a França prepara um desconfinamento faseado a partir de 03 de Maio, com a abertura das escolas no final de abril e o fim das restrições de viagens entre diferentes regiões, informou hoje o executivo francês após o habitual Conselho de Ministros ao Palácio do Eliseu.


Já as esplanadas dos bares e restaurantes vão possivelmente abrir entre 13 e 17 de Maio, uma abertura muito esperada pelos empresários da restauração que têm os seus estabelecimentos fechados desde fim de Outubro.


Desde terça-feira morreram 316 pessoas em França devido à covid-19, perfazendo um total de 101.881 óbitos.


Há actualmente 30.954 pessoas internadas nos hospitais e 5.959 desses pacientes estão internados nos cuidados intensivos, menos 25 pessoas do que na véspera.


Nas últimas 24 horas foram detectados 34.968 novos casos de covid-19, num total de 5.374.288 casos confirmados no país desde o início da pandemia.


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.046.134 mortos no mundo, resultantes de mais de 142,8 milhões de casos de infecção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.
 

 

Após quase um mês de confinamento, a França prepara um desconfinamento faseado a partir de 03 de Maio, com a abertura das escolas no final de abril e o fim das restrições de viagens entre diferentes regiões, informou hoje o executivo francês após o habitual Conselho de Ministros ao Palácio do Eliseu.


Já as esplanadas dos bares e restaurantes vão possivelmente abrir entre 13 e 17 de Maio, uma abertura muito esperada pelos empresários da restauração que têm os seus estabelecimentos fechados desde fim de Outubro.


Desde terça-feira morreram 316 pessoas em França devido à covid-19, perfazendo um total de 101.881 óbitos.


Há actualmente 30.954 pessoas internadas nos hospitais e 5.959 desses pacientes estão internados nos cuidados intensivos, menos 25 pessoas do que na véspera.


Nas últimas 24 horas foram detectados 34.968 novos casos de covid-19, num total de 5.374.288 casos confirmados no país desde o início da pandemia.


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.046.134 mortos no mundo, resultantes de mais de 142,8 milhões de casos de infecção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.