Covid-19: Índia com 106 mortos e 15.510 novos casos

  • Ilustração do Covid-19
Nova Deli - A Índia registou 106 mortes por covid-19 e 15.510 casos nas últimas 24 horas, anunciou hoje o Ministério da Saúde indiano, noticiou a Lusa.

O país reduziu a progressão da doença nos últimos meses, depois de atingir o valor mais alto de infecções em meados de Setembro de 2020, com 97.894 contágios num só dia.


No entanto, nos últimos dias a Índia sofreu um aumento de infecções, sobretudo no estado de Maharashtra (oeste), responsável por cerca de metade dos contágios no país, com mais de oito mil casos só nas últimas 24 horas.


Desde o início da pandemia, a Índia contabilizou mais de 11 milhões de casos de covid-19 (11.112.241), mantendo-se como o segundo com mais infecções, atrás dos Estados Unidos.


Com um total de 157.157 mortes, a Índia é o quarto país do mundo com mais óbitos, a seguir aos Estados Unidos, do Brasil e do México, de acordo com a contagem independente da Universidade norte-americana Johns Hopkins.


O país tem actualmente 168.627 casos activos da doença.


A Índia começou uma campanha de vacinação em 16 de Janeiro, tendo até agora vacinado mais de 14 milhões de pessoas (14.301.266), de acordo com o Ministério da Saúde indiano.


O objectivo do Governo indiano é vacinar cerca de 300 milhões de pessoas até Julho, na primeira fase da campanha de vacinação, num país com 1,3 mil milhões de habitantes, mas o plano sofreu alguns atrasos, de acordo com a imprensa local.


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.526.075 mortos no mundo, resultantes de mais de 113,7 milhões de casos de infecção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.


Em Portugal, morreram 16.317 pessoas dos 804.562 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direcção-Geral da Saúde.


A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

O país reduziu a progressão da doença nos últimos meses, depois de atingir o valor mais alto de infecções em meados de Setembro de 2020, com 97.894 contágios num só dia.


No entanto, nos últimos dias a Índia sofreu um aumento de infecções, sobretudo no estado de Maharashtra (oeste), responsável por cerca de metade dos contágios no país, com mais de oito mil casos só nas últimas 24 horas.


Desde o início da pandemia, a Índia contabilizou mais de 11 milhões de casos de covid-19 (11.112.241), mantendo-se como o segundo com mais infecções, atrás dos Estados Unidos.


Com um total de 157.157 mortes, a Índia é o quarto país do mundo com mais óbitos, a seguir aos Estados Unidos, do Brasil e do México, de acordo com a contagem independente da Universidade norte-americana Johns Hopkins.


O país tem actualmente 168.627 casos activos da doença.


A Índia começou uma campanha de vacinação em 16 de Janeiro, tendo até agora vacinado mais de 14 milhões de pessoas (14.301.266), de acordo com o Ministério da Saúde indiano.


O objectivo do Governo indiano é vacinar cerca de 300 milhões de pessoas até Julho, na primeira fase da campanha de vacinação, num país com 1,3 mil milhões de habitantes, mas o plano sofreu alguns atrasos, de acordo com a imprensa local.


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.526.075 mortos no mundo, resultantes de mais de 113,7 milhões de casos de infecção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.


Em Portugal, morreram 16.317 pessoas dos 804.562 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direcção-Geral da Saúde.


A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.