EUA: Candidato a governador da Califórnia alvo de ataque com ovos

Nova Iorque - O candidato republicano a governador da Califórnia, nos EUA, Larry Elder, foi alvo de um ataque enquanto participava numa acção de campanha, numa visita a Venice.

O homem, que se candidata para ser o primeiro homem negro neste estado norte-americano, foi alvo da ira de uma mulher, que circulava de bicicleta e usava uma máscara de gorila. A certa altura, a mulher atira-lhe um ovo, que por pouco não lhe acerta.

Larry Elder, que é um famoso apresentador de rádio, já reagiu ao incidente, considerando que se fosse democrata, o incidente seria considerado como "um crime de ódio".

"Foi uma cena muito feia e violenta", disse em declarações à Fox News. "Sabem, se eu fosse democrata, este incidente seria, obviamente, chamado de racismo. Mas eu não gosto de jogar esse jogo".

O incidente aconteceu durante uma visita a uma zona de sem-abrigo e o candidato disse acreditar que o ato de violência é o resultado de tantos anos de má governação em que muitos se deslocaram ao local e prometeram mudanças, coisa que nunca se veio a verificar. "As pessoas estão cansadas", atirou.

O homem, que se candidata para ser o primeiro homem negro neste estado norte-americano, foi alvo da ira de uma mulher, que circulava de bicicleta e usava uma máscara de gorila. A certa altura, a mulher atira-lhe um ovo, que por pouco não lhe acerta.

Larry Elder, que é um famoso apresentador de rádio, já reagiu ao incidente, considerando que se fosse democrata, o incidente seria considerado como "um crime de ódio".

"Foi uma cena muito feia e violenta", disse em declarações à Fox News. "Sabem, se eu fosse democrata, este incidente seria, obviamente, chamado de racismo. Mas eu não gosto de jogar esse jogo".

O incidente aconteceu durante uma visita a uma zona de sem-abrigo e o candidato disse acreditar que o ato de violência é o resultado de tantos anos de má governação em que muitos se deslocaram ao local e prometeram mudanças, coisa que nunca se veio a verificar. "As pessoas estão cansadas", atirou.