EUA/Sentença: Derek Chauvin considerado culpado pela morte de George Floyd

  • Bandeira dos EUA
Minneapolis, EUA - O polícia acusado de assassinar o afro-americano George Floyd foi condenado por todas as acusações, anunciaram esta terça-feira os jurados no tribunal do condado de Hennepin, em Minneapolis (EUA).

A sentença será conhecida dentro de seis a oito semanas.

Derek Chauvin foi levado para a cadeia logo após a leitura do veredicto.

O júri condenou Chauvin de forma rápida e unânime por todas as acusações que enfrentava - homicídio de segundo e terceiro grau e homicídio culposo - depois de concluir que o antigo agente da polícia de Minneapolis foi o responsável pela morte do homem negro, de 46 anos, ao ter-se mantido ajoelhado sobre o seu pescoço durante cerca de nove minutos, em Maio do ano passado.

Cada uma das acusações pode levar a uma pena máxima diferente: 40 anos para homicídio em segundo grau; 25 anos para homicídio em terceiro grau; 10 anos para homicídio por negligência.

(Notícia em actualização)

 

A sentença será conhecida dentro de seis a oito semanas.

Derek Chauvin foi levado para a cadeia logo após a leitura do veredicto.

O júri condenou Chauvin de forma rápida e unânime por todas as acusações que enfrentava - homicídio de segundo e terceiro grau e homicídio culposo - depois de concluir que o antigo agente da polícia de Minneapolis foi o responsável pela morte do homem negro, de 46 anos, ao ter-se mantido ajoelhado sobre o seu pescoço durante cerca de nove minutos, em Maio do ano passado.

Cada uma das acusações pode levar a uma pena máxima diferente: 40 anos para homicídio em segundo grau; 25 anos para homicídio em terceiro grau; 10 anos para homicídio por negligência.

(Notícia em actualização)