Governador de Moscovo decreta feriado de uma semana para conter covid-19

  • Ilustração do Covid-19
Moscovo - O governador de Moscovo, Serguei Sobianin, decretou hoje feriado de uma semana para impedir a disseminação do coronavírus na capital russa, que enfrenta um aumento drástico nos casos.

"Não podemos ficar parados nesta situação", disse Sobianin em comunicado.

Moscovo registou 6.701 novos casos de coronavírus hoje (sábado).

"Para conter o aumento da incidência e preservar a vida das pessoas, assinei um decreto" que prevê uma semana de feriado a partir deste sábado, disse.

Sobianin também pediu às empresas que privilegiassem o teletrabalho para os trabalhadores que não foram vacinados contra a covid-19.

As áreas de recreação infantil em parques e centros comerciais estarão fechados até 20 de Junho e os restaurantes não poderão atender os clientes entre 23h00 e 06h00.

 

"Não podemos ficar parados nesta situação", disse Sobianin em comunicado.

Moscovo registou 6.701 novos casos de coronavírus hoje (sábado).

"Para conter o aumento da incidência e preservar a vida das pessoas, assinei um decreto" que prevê uma semana de feriado a partir deste sábado, disse.

Sobianin também pediu às empresas que privilegiassem o teletrabalho para os trabalhadores que não foram vacinados contra a covid-19.

As áreas de recreação infantil em parques e centros comerciais estarão fechados até 20 de Junho e os restaurantes não poderão atender os clientes entre 23h00 e 06h00.