Irmãs japonesas com 107 anos são as gémeas mais velhas do mundo

Tóquio - Duas irmãs japonesas, nascidas em 1913, bateram hoje o recorde mundial do Guinness como as gémeas idênticas mais velhas com 107 anos e 300 dias.

Umeno Sumiyama e Koume Kodama, que nasceram na ilha de Shodo, província de Kagawa, a cinco de Novembro de 1913, foram agraciadas com o marco quando as suas idades foram verificadas a um de Setembro, explicou a organização.

Segundo funcionários do lar de idosos onde vivem, Umeno Sumiyama ficou emocionada e chorou quando recebeu o certificado. Koume Kodama, cuja memória se está a deteriorar, não foi capaz de entender o significado do certificado, referiu o Guinness World Records.

O mesmo recorde era detido anteriormente por Kin Narita e Gin Kanie, também do Japão. Kin Narita morreu em 2020, aos 107 anos e 175 dias.

As irmãs são a terceira e a quarta de 11 irmãos. Receberam os certificados pelo correio devido à pandemia.

Umeno Sumiyama e Koume Kodama, que nasceram na ilha de Shodo, província de Kagawa, a cinco de Novembro de 1913, foram agraciadas com o marco quando as suas idades foram verificadas a um de Setembro, explicou a organização.

Segundo funcionários do lar de idosos onde vivem, Umeno Sumiyama ficou emocionada e chorou quando recebeu o certificado. Koume Kodama, cuja memória se está a deteriorar, não foi capaz de entender o significado do certificado, referiu o Guinness World Records.

O mesmo recorde era detido anteriormente por Kin Narita e Gin Kanie, também do Japão. Kin Narita morreu em 2020, aos 107 anos e 175 dias.

As irmãs são a terceira e a quarta de 11 irmãos. Receberam os certificados pelo correio devido à pandemia.