Isabel II condecora cientistas ligados ao desenvolvimento da vacina

Londres - A rainha Isabel II vai condecorar os responsáveis pela vacina AstraZeneca e outros cientistas ligados ao combate da pandemia de covid-19 no Reino Unido, segundo a lista anual de homenageados divulgada esta sexta-feira.

Entre os especialistas, que integram a lista com 1.100 personalidades, encontram-se Sarah Gilbert, uma das responsáveis pelo desenvolvimento da AstraZeneca, e Andrew Pollard, responsável pelos testes clínicos.

Gilbert e a antiga directora do grupo de desenvolvimento de vacinas do Ministério dos Negócios, Energia e Desenvolvimento Industrial, Kate Bingham, vão receber o título de "dama".

Por sua vez, Pollard e Peter Horby, um dos especialistas à frente das investigações para o desenvolvimento de tratamentos contra a covid-19, vão receber da monarca o título de "cavaleiro".

Esta distinção vai também ser entregue ao ator Jonathan Pryce, que interpreta o príncipe de Edimburgo nas últimas temporadas da série da Netflix "The Crown".

O antigo futebolista Roy Hodgson e a cantora Lulu vão ser distinguidos como "Comandantes da Ordem do Império Britânico".

A lista integra ainda o futebolista do Manchester City Raheem Sterling, pelo seu compromisso com a igualdade racial no desporto, e a jovem e activista de 21 anos Amika George.

Entre os especialistas, que integram a lista com 1.100 personalidades, encontram-se Sarah Gilbert, uma das responsáveis pelo desenvolvimento da AstraZeneca, e Andrew Pollard, responsável pelos testes clínicos.

Gilbert e a antiga directora do grupo de desenvolvimento de vacinas do Ministério dos Negócios, Energia e Desenvolvimento Industrial, Kate Bingham, vão receber o título de "dama".

Por sua vez, Pollard e Peter Horby, um dos especialistas à frente das investigações para o desenvolvimento de tratamentos contra a covid-19, vão receber da monarca o título de "cavaleiro".

Esta distinção vai também ser entregue ao ator Jonathan Pryce, que interpreta o príncipe de Edimburgo nas últimas temporadas da série da Netflix "The Crown".

O antigo futebolista Roy Hodgson e a cantora Lulu vão ser distinguidos como "Comandantes da Ordem do Império Britânico".

A lista integra ainda o futebolista do Manchester City Raheem Sterling, pelo seu compromisso com a igualdade racial no desporto, e a jovem e activista de 21 anos Amika George.