Itália: Contagem inicial mostra que Conte venceu no Senado para manter Governo

Roma - O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, venceu um voto de confiança no Senado na terça-feira, por uma margem estreita, o que garantiu sua permanência no cargo depois de um partido aliado ter abandonado a coligação na semana passada, face à pandemia da covid-19.

Conte havia conseguido um voto de confiança similar na Câmara dos Deputados na segunda-feira. Se tivesse perdido qualquer uma das votações, teria que renunciar.

De acordo com uma contagem preliminar e informal, o primeiro-ministro venceu por 153 votos a 140 no Senado de 321 assentos, uma margem de vitória menor do que alguns dos seus aliados projectavam e bem abaixo dos 161 votos de que precisava para uma maioria absoluta.

No entanto, os resultados ainda não foram divulgados oficialmente e os números finais podem mudar um pouco.

Conte havia conseguido um voto de confiança similar na Câmara dos Deputados na segunda-feira. Se tivesse perdido qualquer uma das votações, teria que renunciar.

De acordo com uma contagem preliminar e informal, o primeiro-ministro venceu por 153 votos a 140 no Senado de 321 assentos, uma margem de vitória menor do que alguns dos seus aliados projectavam e bem abaixo dos 161 votos de que precisava para uma maioria absoluta.

No entanto, os resultados ainda não foram divulgados oficialmente e os números finais podem mudar um pouco.