Mais de 200 manifestantes contra o confinamento são presos na Austrália

Melbourne - Mais de 200 manifestantes foram detidos e vários polícias ficaram feridos sábado, em Melbourne, Austrália, em consequência de violentos distúrbios durante um protesto contra o confinamento imposto para travar o coronavírus, informou a AFP.

As forças de segurança usaram spray de pimenta contra os manifestantes na segunda cidade mais populosa do país, onde centenas de pessoas violaram a obrigação de ficar em casa para protestarem contra o confinamento.

As forças de segurança usaram spray de pimenta contra os manifestantes na segunda cidade mais populosa do país, onde centenas de pessoas violaram a obrigação de ficar em casa para protestarem contra o confinamento.