Presidente dos Estados Unidos chegou a Bruxelas para cimeiras com Otan e UE

  • Joe Biden, Presidente dos EUA
Bruxelas - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, foi hoje recebido pelo primeiro-ministro da Bélgica à chegada a Bruxelas, cidade onde participará em cimeiras com a Otan e a União Europeia, noticiou a Lusa.

Na primeira viagem oficial à Europa desde que tomou posse em Janeiro, Joe Biden chegou hoje a Bruxelas depois de ter participado na cimeira do G7, no Reino Unido.


Em Bruxelas, Joe Biden participará na segunda-feira numa cimeira da Otan e, à margem, estão previstos encontros bilaterais com o presidente da Turquia, Recep Erdogan, e com o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez.


Em conferência de imprensa hoje em Bruxelas, o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, afirmou que um dos pontos da cimeira da Otan será “a atitude agressiva” da Rússia e a “recusa das regras da ordem internacional”.


Na terça-feira, o presidente norte-americano estará na primeira cimeira Estados Unidos-União Europeia desde 2014, na qual deverão ser abordados assuntos como as taxas sobre aço e alumínio e a tecnologia 5G.


Após uma semana de cimeiras e encontros bilaterais, Biden guardou para o fim da digressão europeia um encontro com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, agendado para quarta-feira em Genebra.

 

Na primeira viagem oficial à Europa desde que tomou posse em Janeiro, Joe Biden chegou hoje a Bruxelas depois de ter participado na cimeira do G7, no Reino Unido.


Em Bruxelas, Joe Biden participará na segunda-feira numa cimeira da Otan e, à margem, estão previstos encontros bilaterais com o presidente da Turquia, Recep Erdogan, e com o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez.


Em conferência de imprensa hoje em Bruxelas, o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, afirmou que um dos pontos da cimeira da Otan será “a atitude agressiva” da Rússia e a “recusa das regras da ordem internacional”.


Na terça-feira, o presidente norte-americano estará na primeira cimeira Estados Unidos-União Europeia desde 2014, na qual deverão ser abordados assuntos como as taxas sobre aço e alumínio e a tecnologia 5G.


Após uma semana de cimeiras e encontros bilaterais, Biden guardou para o fim da digressão europeia um encontro com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, agendado para quarta-feira em Genebra.