Príncipe Filipe transferido para outro hospital

Londres - O Palácio de Buckingham anunciou hoje que o príncipe Filipe, marido da rainha do Reino Unido, Isabel II, foi transferido para outro hospital de Londres para continuar o tratamento de uma infecção.

O Palácio disse que Filipe, que tem 99 anos, foi transferido do Hospital do Rei Edward VII para o Hospital de São Bartolomeu e que, para além do tratamento a uma infecção não especificada, também será submetido a testes e observação para uma doença cardíaca preexistente.

Filipe, também designado por Duque de Edimburgo, foi internado no Hospital privado King Edward VII no mês passado depois de se sentir mal, mas o Palácio garantiu que a doença não estava relacionada com a covid-19 e tinha sido apenas uma medida de precaução.

O palácio disse hoje que o príncipe "continua confortável e está a responder ao tratamento, mas deve permanecer no hospital pelo menos até o final da semana”.

Filipe retirou-se das funções públicas em 2017 e raramente aparece em público.

Durante a actual pandemia, o duque tem estado a viver no Castelo de Windsor, nos arredores a oeste de Londres, acompanhado da rainha Isabel II, com um grupo restrito de empregados para reduzir o risco de transmissão do novo coronavírus.

O casal real recebeu as primeiras doses da vacina contra a doença covid-19 em Janeiro, uma vez que integram o grupo prioritário de pessoas com mais de 85 anos.

 

 

O Palácio disse que Filipe, que tem 99 anos, foi transferido do Hospital do Rei Edward VII para o Hospital de São Bartolomeu e que, para além do tratamento a uma infecção não especificada, também será submetido a testes e observação para uma doença cardíaca preexistente.

Filipe, também designado por Duque de Edimburgo, foi internado no Hospital privado King Edward VII no mês passado depois de se sentir mal, mas o Palácio garantiu que a doença não estava relacionada com a covid-19 e tinha sido apenas uma medida de precaução.

O palácio disse hoje que o príncipe "continua confortável e está a responder ao tratamento, mas deve permanecer no hospital pelo menos até o final da semana”.

Filipe retirou-se das funções públicas em 2017 e raramente aparece em público.

Durante a actual pandemia, o duque tem estado a viver no Castelo de Windsor, nos arredores a oeste de Londres, acompanhado da rainha Isabel II, com um grupo restrito de empregados para reduzir o risco de transmissão do novo coronavírus.

O casal real recebeu as primeiras doses da vacina contra a doença covid-19 em Janeiro, uma vez que integram o grupo prioritário de pessoas com mais de 85 anos.