Queda de avião de treinamento causa dois mortos no Irão

Teerão - O piloto e co-piloto de um avião leve de treinamento morreram nesta terça-feira no oeste do Irão, devido à queda da aeronave, de acordo com um oficial regional.

O porta-voz das autoridades de aviação do Irão, Mohammad Hassan Zibakhsh, relatou a queda de avião leve de treinamento no Aeroporto de Arak, citado pela agência Fars. Foi informado que um avião leve Phantom 11-29 caiu ocasionando duas mortes.

"Um avião muito leve Phantom 11-29 descolou do Aeroporto de Arak hoje às 10h06 e caiu às 10h07. Infelizmente, ambos os tripulantes do avião, o piloto Asghar Namazyan e o co-piloto Hamid Moradi, morreram durante a queda", disse Zibakhsh.

​O porta-voz disse que o avião pertencia a uma empresa privada. Logo após a queda, foi enviado um grupo de investigação de incidentes aéreos. O grupo está a colher dados para, após uma investigação, anunciar a causa da queda.

O comprimento da pista do Aeroporto de Arak correspondia antes a três mil metros e, após reparações, passou a ter 3,7 mil metros, conforme a Fars.

O porta-voz das autoridades de aviação do Irão, Mohammad Hassan Zibakhsh, relatou a queda de avião leve de treinamento no Aeroporto de Arak, citado pela agência Fars. Foi informado que um avião leve Phantom 11-29 caiu ocasionando duas mortes.

"Um avião muito leve Phantom 11-29 descolou do Aeroporto de Arak hoje às 10h06 e caiu às 10h07. Infelizmente, ambos os tripulantes do avião, o piloto Asghar Namazyan e o co-piloto Hamid Moradi, morreram durante a queda", disse Zibakhsh.

​O porta-voz disse que o avião pertencia a uma empresa privada. Logo após a queda, foi enviado um grupo de investigação de incidentes aéreos. O grupo está a colher dados para, após uma investigação, anunciar a causa da queda.

O comprimento da pista do Aeroporto de Arak correspondia antes a três mil metros e, após reparações, passou a ter 3,7 mil metros, conforme a Fars.