Síntese Mundial

  • Doentes infectados pela Covid 19  a Serem Tratados num Hospital Campanha em Viana
Paris - A pandemia da doença covid-19 já causou pelo menos 1.350.275 mortos no mundo desde que o novo coronavírus foi descoberto em Dezembro na China, indicou hoje o balanço diário divulgado pela agência France Presse (AFP).

Mais de 56.234.440 casos de infecção foram diagnosticados oficialmente no mesmo período, dos quais 36.029.400 são pessoas consideradas, até à data, como curadas, de acordo com os dados reunidos pela agência internacional.

Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 11.013 mortes e 582.654 novos casos de covid-19 em todo o mundo, segundo a AFP.

A agência noticiosa francesa sublinha que o número de casos diagnosticados só reflecte, contudo, uma fracção do número real de infecções.

Alguns países só testam os casos graves, outros utilizam os testes sobretudo para rastreamento e muitos países pobres dispõem de limitadas capacidades de despistagem.

Os países que registaram mais mortes no último dia foram, e de acordo com os respectivos balanços, os Estados Unidos da América (EUA) com 1.751 óbitos, o Brasil com 756 óbitos e Itália (753).

Os Estados Unidos são o país mais afectado, tanto em número de mortos como de casos, com um total de 250.548 mortos entre 11.529.818 casos recenseados, segundo o balanço da universidade norte-americana Johns Hopkins.

No mesmo país, pelo menos 4.350.789 pessoas foram declaradas como curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afectados são o Brasil com 167.455 mortos em 5.945.849 casos, a Índia com 131.578 mortos (8.958.483 casos), o México com 99.528 mortos (1.015.071 casos) e o Reino Unido com 53.274 mortos (1.430.341 casos).

Ainda entre os países mais afectados, a Bélgica é o que conta com mais mortos em relação à sua população, com 130 óbitos por cada 100.000 habitantes, seguido pelo Peru (107), Espanha (90) e Argentina (80).

A China (sem os territórios de Hong Kong e Macau) declarou oficialmente um total de 86.381 casos (12 nas últimas 24 horas), bem como 4.634 mortes (nenhuma no último dia) e 81.433 recuperações.

Por regiões, a América Latina e as Caraíbas totalizavam até hoje 428.767 mortes em 12.227.735 casos de infecção, a Europa 354.124 mortes (15.440.652 casos), os Estados Unidos e o Canadá 261.701 mortes (11.838.887 casos), a Ásia 184.739 mortes (11.652.379 casos), o Médio Oriente 71.635 mortes (3.028.240 casos), a África 48.368 mortes (2.016.461 casos) e a Oceânia 941 mortes (30.088 casos).

O balanço foi realizado a partir de dados recolhidos pelas delegações da AFP junto das autoridades nacionais competentes e de informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Devido a correcções feitas pelas autoridades ou a notificações tardias, o aumento dos números diários pode não corresponder exactamente aos dados publicados no dia anterior, segundo referiu a AFP.