Surto de gripe aviária no Reino Unido origina o abate de 10 mil perus

Londres - Mais de 10 mil perus vão ser abatidos no Reino Unido, devido a um surto de gripe aviária detetado numa quinta na cidade de Yorshire, no norte do país, anunciou hoje o Governo britânico, segundo noticiou a Lusa.

Segundo a directora veterinária do Reino Unido, Christine Middlemiss, citada pela agência France Presse, o surto foi detectado no sábado e as autoridades tomaram “medidas imediatas”, para evitar a propagação.


A responsável explicou que serão abatidos 10.500 perus, e que foi criada uma zona de controlo em torno da quinta.
Vários surtos de gripe aviária foram detetados ao longo deste mês, em várias regiões do Reino Unido.


Esta situação na Europa Ocidental surge depois de terem sido detetados, igualmente, surtos desta natureza na Rússia e no Cazaquistão.


Também os Países Baixos, a Bélgica, a Irlanda e a Dinamarca foram particularmente afetados por este vírus, que é transmitido por aves migratórias.
A doença não é considerada perigosa para os seres humanos, razão pela qual o consumo de carne destes animais não é desaconselhado.

 

Segundo a directora veterinária do Reino Unido, Christine Middlemiss, citada pela agência France Presse, o surto foi detectado no sábado e as autoridades tomaram “medidas imediatas”, para evitar a propagação.


A responsável explicou que serão abatidos 10.500 perus, e que foi criada uma zona de controlo em torno da quinta.
Vários surtos de gripe aviária foram detetados ao longo deste mês, em várias regiões do Reino Unido.


Esta situação na Europa Ocidental surge depois de terem sido detetados, igualmente, surtos desta natureza na Rússia e no Cazaquistão.


Também os Países Baixos, a Bélgica, a Irlanda e a Dinamarca foram particularmente afetados por este vírus, que é transmitido por aves migratórias.
A doença não é considerada perigosa para os seres humanos, razão pela qual o consumo de carne destes animais não é desaconselhado.