Washington vai tomar medidas contra organizações ligadas ao movimento BDS

  • Mike Pompeo, Secretário de Estado Norte Americano
Jerusalém - Os Estados Unidos vão tomar medidas imediatas contra as organizações ligadas ao movimento BDS para boicotar Israel, considerado anti-semita, declarou hoje em Jerusalém o chefe da diplomacia americana, Mike Pompeo.

"Hoje eu quero fazer um anúncio. Vamos tomar medidas imediatas para identificar as organizações envolvidas na campanha de ódio liderada pelo BDS e retirar o apoio dos EUA a esses grupos", disse Mike Pompeo.

O secretário de Estado dos EUA anunciou também que visitará durante o dia de hoje os montes Golã, um território sírio ocupado por Israel desde 1967 e sobre o qual a administração Trump reconheceu a soberania israelita.

Mike Pompeo confirmou a visita aos montes Golã - que já tinha sido admitida pelos media israelitas - durante uma conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, em Jerusalém.