AIPEX apresenta oportunidades de negócios em Angola

  • António Henrique da Silva, PCA da AIPIEX
Accra (Do enviado especial) – A Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações de Angola (AIPEX) procedeu, esta terça-feira, em Accra, a apresentação das oportunidades de negócios no mercado angolano, aos empresários do Ghana.

Em pouco mais de meia hora, o presidente do Conselho de Administração da AIPEX, Henrique Silva, fez uma abordagem sobre as vantagens e oportunidades que o mercado angolano oferece, destacando o facto de o governo criar incentivos para alavancar a economia nacional.

Durante o Fórum de Negócios e Investimentos sobre Angola, Henrique Silva mencionou as oportunidades nas áreas da agricultura, pescas, indústria transformadora e telecomunicações.

Destacou ainda os sectores da agropecuária, silvicultura, comércio, recursos minerais, indústrias têxtil, produção de tractores, de alfaias e outros equipamentos agrícolas, de sementes, energia e águas, construção, transportes, telecomunicações, hotelaria, turismo, materiais de construção e nos transportes, com especial realce para os transportes marítimos.

Henrique Silva adiantou que o governo angolano está a criar mecanismos de incentivo para o investimento privado no mercado angolano.

A propósito, o empresário indiano Ravi Chandran, ligado a área de automóveis, declarou à Angop e à RNA que está disponível para ajudar o desenvolvimento de Angola, afirmando estar a tratar do dossier para, brevemente, apresentar às autoridades angolanas a sua intenção de investir no país.

A mesma pretensão foi manifestada pelo empresário Anar Hari, da IPMC, que disse estar aberto para levar a Angola a sua experiência no mundo das telecomunicações.

Elogiou a forma como Angola está a promover as suas potencialidades além-fronteiras, frisando ser a melhor via para os investidores estrangeiros conhecerem de perto o que o país oferece.

O fórum contou com as participações de homens de negócios do Ghana, Nigéria, Senegal, Emirates Ares Unidos, Egipto, entre outros convidados.

Em pouco mais de meia hora, o presidente do Conselho de Administração da AIPEX, Henrique Silva, fez uma abordagem sobre as vantagens e oportunidades que o mercado angolano oferece, destacando o facto de o governo criar incentivos para alavancar a economia nacional.

Durante o Fórum de Negócios e Investimentos sobre Angola, Henrique Silva mencionou as oportunidades nas áreas da agricultura, pescas, indústria transformadora e telecomunicações.

Destacou ainda os sectores da agropecuária, silvicultura, comércio, recursos minerais, indústrias têxtil, produção de tractores, de alfaias e outros equipamentos agrícolas, de sementes, energia e águas, construção, transportes, telecomunicações, hotelaria, turismo, materiais de construção e nos transportes, com especial realce para os transportes marítimos.

Henrique Silva adiantou que o governo angolano está a criar mecanismos de incentivo para o investimento privado no mercado angolano.

A propósito, o empresário indiano Ravi Chandran, ligado a área de automóveis, declarou à Angop e à RNA que está disponível para ajudar o desenvolvimento de Angola, afirmando estar a tratar do dossier para, brevemente, apresentar às autoridades angolanas a sua intenção de investir no país.

A mesma pretensão foi manifestada pelo empresário Anar Hari, da IPMC, que disse estar aberto para levar a Angola a sua experiência no mundo das telecomunicações.

Elogiou a forma como Angola está a promover as suas potencialidades além-fronteiras, frisando ser a melhor via para os investidores estrangeiros conhecerem de perto o que o país oferece.

O fórum contou com as participações de homens de negócios do Ghana, Nigéria, Senegal, Emirates Ares Unidos, Egipto, entre outros convidados.