PR realça fortalecimento das relações com o Ghana

  • Presidente da República, João Lourenço, discursa no jantar em sua honra
Accra (Do enviado especial) – O Presidente da República, João Lourenço, destacou, esta terça-feira, que Angola e o Ghana possuem recursos e potencial para o reforço da cooperação bilateral, com realce para as áreas em que são mais fortes.

João Lourenço, que se dirigia aos deputados da Assembleia Nacional do Ghana, no quadro de uma sessão especial, manifestou-se convicto de que os dois países possam atingir os fins preconizados no âmbito da cooperação, optimizando a utilização dos importantes mecanismos de que a África dispõe, para potenciar os seus recursos e obter resultados tangíveis no quadro da Zona de Comércio Livre do Continente Africano (ZCLCA), com vista a promover os investimentos e negócios impulsionadores do desenvolvimento.

“Identificámos as áreas em que os nossos dois países vão implementar acções de cooperação, nomeadamente no sector da exploração de petróleo e gás, no sector da agro-pecuária, do turismo, da cultura e outros, das quais pretendemos obter resultados mutuamente vantajosos e com um impacto directo na melhoria das condições de vida das nossas populações”, reforçou.

João Lourenço manifestou-se animado e com desejo de dar um passo mais no sentido do aprofundamento das relações bilaterais, de modo a que se consiga complementar os resultados alcançados com a visita realizada pelo Presidente ghanense, Nana Addo Dankwa Akufo-Addo, a Angola, em 2019, durante a qual foi definido um quadro em cujo âmbito se projecta um conjunto de iniciativas e acções tendentes a reforçar o intercâmbio entre os dois países.

Revisão pontual da Constituição

Numa outra vertente, o Presidente da República afirmou que a revisão pontual da Constituição visa o aprofundamento da democracia, tornando-a mais participativa e inclusiva.

“Temos hoje uma democracia pujante que cumpre regularmente os seus ciclos de realização de eleições, e que permite que ao nível da nossa Assembleia Nacional se abordem os problemas e as preocupações fundamentais do país num ambiente salutar e de grande harmonia”, apontou.

O Presidente da República efectua, desde segunda-feira (1), uma visita oficial de Estado, de dois dias ao Ghana para o aprofundamento das relações bilaterais.

João Lourenço, que se dirigia aos deputados da Assembleia Nacional do Ghana, no quadro de uma sessão especial, manifestou-se convicto de que os dois países possam atingir os fins preconizados no âmbito da cooperação, optimizando a utilização dos importantes mecanismos de que a África dispõe, para potenciar os seus recursos e obter resultados tangíveis no quadro da Zona de Comércio Livre do Continente Africano (ZCLCA), com vista a promover os investimentos e negócios impulsionadores do desenvolvimento.

“Identificámos as áreas em que os nossos dois países vão implementar acções de cooperação, nomeadamente no sector da exploração de petróleo e gás, no sector da agro-pecuária, do turismo, da cultura e outros, das quais pretendemos obter resultados mutuamente vantajosos e com um impacto directo na melhoria das condições de vida das nossas populações”, reforçou.

João Lourenço manifestou-se animado e com desejo de dar um passo mais no sentido do aprofundamento das relações bilaterais, de modo a que se consiga complementar os resultados alcançados com a visita realizada pelo Presidente ghanense, Nana Addo Dankwa Akufo-Addo, a Angola, em 2019, durante a qual foi definido um quadro em cujo âmbito se projecta um conjunto de iniciativas e acções tendentes a reforçar o intercâmbio entre os dois países.

Revisão pontual da Constituição

Numa outra vertente, o Presidente da República afirmou que a revisão pontual da Constituição visa o aprofundamento da democracia, tornando-a mais participativa e inclusiva.

“Temos hoje uma democracia pujante que cumpre regularmente os seus ciclos de realização de eleições, e que permite que ao nível da nossa Assembleia Nacional se abordem os problemas e as preocupações fundamentais do país num ambiente salutar e de grande harmonia”, apontou.

O Presidente da República efectua, desde segunda-feira (1), uma visita oficial de Estado, de dois dias ao Ghana para o aprofundamento das relações bilaterais.