Angola e Japão abordam cooperação

  • Embaixador na Etiópia recebe homólogo do Japão
Luanda - O embaixador de Angola na Etiópia, Francisco José da Cruz, recebeu segunda-feira, em audiência, o homólogo do Japão, Horiuchi Toshihiko, com quem abordou assuntos de interesse bilateral e multilateral.

No encontro, os dois diplomatas falaram do funcionamento da União Africana (UA), nomeadamente do actual processo de Reformas Institucionais, tendo o departamento da Agricultura, Desenvolvimento Rural, Economia Azul e Ambiente Sustentável, que tem como comissária a angolana Josefa Sacko, suscitado particular interesse do embaixador nipónico.

Em nota, o serviço de imprensa da Embaixada de Angola na Etiópia referiu que Francisco da Cruz e Horiuchi Toshihiko aproveitaram, igualmente, o encontro para analisar o desempenho das Comunidades Económicas Regionais (CER), designadamente a SADC e a CEEAC.

Discutiram, também, questões ligadas ao combate ao Terrorismo, Segurança Marítima e ao Fórum de Cooperação África-Japão (TICAD), este último que tem prevista uma reunião, a nível de Chefes de Estado, para 2022, na Tunísia.

Os dois países estabeleceram relações diplomáticas em 1976, um ano depois da conquista da independência de Angola.

No encontro, os dois diplomatas falaram do funcionamento da União Africana (UA), nomeadamente do actual processo de Reformas Institucionais, tendo o departamento da Agricultura, Desenvolvimento Rural, Economia Azul e Ambiente Sustentável, que tem como comissária a angolana Josefa Sacko, suscitado particular interesse do embaixador nipónico.

Em nota, o serviço de imprensa da Embaixada de Angola na Etiópia referiu que Francisco da Cruz e Horiuchi Toshihiko aproveitaram, igualmente, o encontro para analisar o desempenho das Comunidades Económicas Regionais (CER), designadamente a SADC e a CEEAC.

Discutiram, também, questões ligadas ao combate ao Terrorismo, Segurança Marítima e ao Fórum de Cooperação África-Japão (TICAD), este último que tem prevista uma reunião, a nível de Chefes de Estado, para 2022, na Tunísia.

Os dois países estabeleceram relações diplomáticas em 1976, um ano depois da conquista da independência de Angola.