Angola estabelece relações diplomáticas com as Maldivas

  • Representante Permanente de Angola junto da ONU, embaixadora Maria de Jesus Ferreira (à esquerda), e a sua homóloga das Maldivas, Thilmeeza Hussain.
  • Representante Permanente de Angola junto da ONU, embaixadora Maria de Jesus Ferreira (à esquerda), e a sua homóloga das Maldivas, Thilmeeza Hussain.
  • Representante Permanente de Angola junto da ONU, embaixadora Maria de Jesus Ferreira (à esquerda), e a sua homóloga das Maldivas, Thilmeeza Hussain.
Nova Iorque – Angola e Maldivas estabeleceram relações diplomáticas, terça-feira, um acto que propicia o início da cooperação bilateral entre os dois países em vários domínios.

O acordo sobre o estabelecimento das relações diplomáticas entre os dois Estados foi assinado em Nova Iorque, Estados Unidos da América, pelos representantes permanentes de Angola e das Maldivas junto das Nações Unidas, embaixadoras Maria de Jesus Ferreira e Thilmeeza Hussain, respectivamente.

Um comunicado de imprensa da Missão Permanente de Angola junto da ONU refere que o acordo assinado com as Maldivas enquadra-se na perspectiva do Governo angolano em alargar a cobertura geográfica e diplomática do país.

O Acordo assinado a nível de embaixadores extraordinários e plenipotenciários “marca o início de relações de amizade e de cooperação e possibilita a evolução para a formalização e aprofundamento de relações entre os dois Estados, caso os respectivos governos assim o desejarem”, indica a nota.

Neste sentido, a embaixadora das Maldivas manifestou a disponibilidade do seu país em cooperar com Angola nos sectores do turismo, sua principal fonte de renda, e da joalharia.

As Maldivas, que tem como capital Malé,  é um pequeno país insular situado no Oceano Índico, no sudoeste do Sri Lanka e da Índia, ao sul do continente asiático. É constituído por mil 196 ilhas, das quais 203 são habitadas.

Independente do Reino Unido desde 26 de Julho de 1965, as Maldivas é uma República presidencialista com 298 quilómetros quadrados de superfície e uma população com 427 mil 756 habitantes.

 

O acordo sobre o estabelecimento das relações diplomáticas entre os dois Estados foi assinado em Nova Iorque, Estados Unidos da América, pelos representantes permanentes de Angola e das Maldivas junto das Nações Unidas, embaixadoras Maria de Jesus Ferreira e Thilmeeza Hussain, respectivamente.

Um comunicado de imprensa da Missão Permanente de Angola junto da ONU refere que o acordo assinado com as Maldivas enquadra-se na perspectiva do Governo angolano em alargar a cobertura geográfica e diplomática do país.

O Acordo assinado a nível de embaixadores extraordinários e plenipotenciários “marca o início de relações de amizade e de cooperação e possibilita a evolução para a formalização e aprofundamento de relações entre os dois Estados, caso os respectivos governos assim o desejarem”, indica a nota.

Neste sentido, a embaixadora das Maldivas manifestou a disponibilidade do seu país em cooperar com Angola nos sectores do turismo, sua principal fonte de renda, e da joalharia.

As Maldivas, que tem como capital Malé,  é um pequeno país insular situado no Oceano Índico, no sudoeste do Sri Lanka e da Índia, ao sul do continente asiático. É constituído por mil 196 ilhas, das quais 203 são habitadas.

Independente do Reino Unido desde 26 de Julho de 1965, as Maldivas é uma República presidencialista com 298 quilómetros quadrados de superfície e uma população com 427 mil 756 habitantes.