CASA-CE aposta na revitalização das estruturas em Luanda

  • Andre Mendes de Carvalho, Presidente da Casa CEE
Luanda – O presidente da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE), André Mendes de Carvalho, defendeu esta sexta-feira, em Luanda, a revitalização das estruturas, em função dos novos desafios que se impõem à organização em Luanda.

Falando na cerimónia de empossamento do novo secretário provincial de Luanda da organização, António Francisco Hebo, o político orientou o novo dirigente a mobilizar novos membros, criar núcleos e torná-los funcionais, para garantir melhor eficiência da sua acção.

Perante este desafio, garantiu o apoio do colégio presidencial, que espera dele habilidade, iniciativa e criatividade para, com os recursos disponíveis, atingir os objetivos da coligação, tudo dentro dos limites da legitimidade, legalidade, ética e moral.

O novo dirigente da CASA CE em Luanda, foi igualmente orientado a trabalhar com os membros da organização na sensibilização sobre as medidas de proteção e segurança contra a covid-19, pandemia que no ano transato ceifou milhares de vidas e interrompeu o trabalho político da coligação.

Por sua vez, António Francisco Hebo, que substitui no cargo Mendes da Conceição, afirmou que o seu trabalho político estará virado, essencialmente, para as eleições gerais de 2022, nas quais pretende ombrear com os demais partidos parlamentares.

António Francisco Hebo já exerceu as mesmas funções na província do Cuanza Norte.

Falando na cerimónia de empossamento do novo secretário provincial de Luanda da organização, António Francisco Hebo, o político orientou o novo dirigente a mobilizar novos membros, criar núcleos e torná-los funcionais, para garantir melhor eficiência da sua acção.

Perante este desafio, garantiu o apoio do colégio presidencial, que espera dele habilidade, iniciativa e criatividade para, com os recursos disponíveis, atingir os objetivos da coligação, tudo dentro dos limites da legitimidade, legalidade, ética e moral.

O novo dirigente da CASA CE em Luanda, foi igualmente orientado a trabalhar com os membros da organização na sensibilização sobre as medidas de proteção e segurança contra a covid-19, pandemia que no ano transato ceifou milhares de vidas e interrompeu o trabalho político da coligação.

Por sua vez, António Francisco Hebo, que substitui no cargo Mendes da Conceição, afirmou que o seu trabalho político estará virado, essencialmente, para as eleições gerais de 2022, nas quais pretende ombrear com os demais partidos parlamentares.

António Francisco Hebo já exerceu as mesmas funções na província do Cuanza Norte.