Comissários eleitorais devem observar isenção e imparcialidade

Caxito - O presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) do Bengo, José Pedro Jamba, exortou, esta sexta-feira, na comuna das Mabubas (Dande), os comissários municipais a primarem pela isenção, imparcialidade e rigor, visando garantir maior transparência dos pleitos eleitorais.

José Jamba, que falava durante a cerimónia de tomada de posse de 32 comissários municipais eleitorais do MPLA, UNITA, CASA-CE, PRS e FNLA, pediu aos empossados a se absterem das actividades  político-partidárias, por lesar o princípio da isenção e da independência.

“Neste sentido, os comissários vão nos próximos tempos beneficiar de uma acção formativa sobre o processo eleitoral, para estarem melhor preparados para as eleições gerais de 2022”, salientou.

Informou que a formação vai abranger agentes de educação cívica que já trabalharam em pleitos eleitorais, a serem admitidos mediante concurso público.

José Jamba, que falava durante a cerimónia de tomada de posse de 32 comissários municipais eleitorais do MPLA, UNITA, CASA-CE, PRS e FNLA, pediu aos empossados a se absterem das actividades  político-partidárias, por lesar o princípio da isenção e da independência.

“Neste sentido, os comissários vão nos próximos tempos beneficiar de uma acção formativa sobre o processo eleitoral, para estarem melhor preparados para as eleições gerais de 2022”, salientou.

Informou que a formação vai abranger agentes de educação cívica que já trabalharam em pleitos eleitorais, a serem admitidos mediante concurso público.