Diálogo permanente consolida Estado democrático de direito

  • Primeiro secretário provincial do MPLA no Uíge, José Carvalho da Rocha (arquivo)
Uíge – O primeiro secretário provincial do MPLA no Uíge, José Carvalho da Rocha, reafirmou, nesta sexta-feira, a necessidade do diálogo permanente entre as forças políticas e a sociedade em geral, para a consolidação do Estado democrático de direito.

O político, que falava no encontro de recepção de opiniões da sociedade civil, denominado “Termómetro”, explicou que o Estado democrático de direito permite ao cidadão exercer o direito de cidadania, participar nas acções sociais, económicas, entre outras.

“A cidadania constitui uma categoria fundamental no progresso democrático e a concretização dos direitos humanos “, reforçou. 

O encontro serviu, igualmente, para debater sobre “Cidadão e o Direito, Justiça Social como pilar da Democracia, a Educação para a Cidadania na Juventude e a Igreja como Agente de Moralização da Sociedade”.

O político, que falava no encontro de recepção de opiniões da sociedade civil, denominado “Termómetro”, explicou que o Estado democrático de direito permite ao cidadão exercer o direito de cidadania, participar nas acções sociais, económicas, entre outras.

“A cidadania constitui uma categoria fundamental no progresso democrático e a concretização dos direitos humanos “, reforçou. 

O encontro serviu, igualmente, para debater sobre “Cidadão e o Direito, Justiça Social como pilar da Democracia, a Educação para a Cidadania na Juventude e a Igreja como Agente de Moralização da Sociedade”.