Encontro considera positivo trabalho das estruturas de base

  • MPLA, Sessão da abertura do termómentro
Ondjiva – O Encontro Interprovincial dos Organismos Intermédios do MPLA na Região Sul, realizado, nesta sexta-feira, na província do Cunene, considerou positivo o trabalho desenvolvido pelas estruturas deste partido, administração local e central do Estado.

Orientado pela vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, o evento juntou responsáveis do partido nas províncias do Cunene, Huíla, Namibe e Cuando Cubango.

Em relação situação sócio económica da região, os políticos reconheceram os esforços que estão a ser empreendidos pelo Executivo, por via dos governos províncias, na implementação do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e do Programa Integrado de Desenvolvimento Local  e Combate à Pobreza (PIDLCP).

Neste quesito, consideraram salutar o impacto que estas acções estão a ter na vida das populações da região.

A reunião reconheceu os esforços empreendidos pelas estruturas ligadas ao sector da saúde no que concerne ao combate à Covid-19, contribuindo para redução significativa dos efeitos nefastos deste mal nas populações.

Na sessão de encerramento, a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião reiterou a necessidade de se trabalhar intensamente com as organizações de base e estruturas intermédias do partido, visando a preparação do VIII congresso ordinário e das eleições gerais de 2022.

 

 

 

Orientado pela vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, o evento juntou responsáveis do partido nas províncias do Cunene, Huíla, Namibe e Cuando Cubango.

Em relação situação sócio económica da região, os políticos reconheceram os esforços que estão a ser empreendidos pelo Executivo, por via dos governos províncias, na implementação do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e do Programa Integrado de Desenvolvimento Local  e Combate à Pobreza (PIDLCP).

Neste quesito, consideraram salutar o impacto que estas acções estão a ter na vida das populações da região.

A reunião reconheceu os esforços empreendidos pelas estruturas ligadas ao sector da saúde no que concerne ao combate à Covid-19, contribuindo para redução significativa dos efeitos nefastos deste mal nas populações.

Na sessão de encerramento, a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião reiterou a necessidade de se trabalhar intensamente com as organizações de base e estruturas intermédias do partido, visando a preparação do VIII congresso ordinário e das eleições gerais de 2022.