Forças aéreas de Angola e da RDC realizam exercício conjunto

  • Avião da força Aérea Nacional
Luanda - As forças aéreas de Angola e da República Democrática do Congo realizaram, sexta-feira, em Kinshasa, um exercício conjunto para testar o grau de preparação e prontidão dos seus especiliastas.

Segundo fonte da Angop, o show aéreo sobre Kinshasa foi a prova que Angola e a RDC deram da sua vontade inequívoca de cooperar e manter relações plenas de boa vizinhança.

Adiantou que os resultados do exercício deixaram impressionado os responsáveis políticos e castrenses que testemunharam o evento.

Na passada segunda-feira, o Presidente da RDC, Félix Tshisekedi, visitou Angola para um encontro com o seu homólogo João Lourenço, tendo solicitado apoio para o reforço da capacidade das Forças de Defesa e Segurança do seu país.

A operação conjunta das Forças Aéreas de ambos os países foi a expressão dessa vontade do mais alto mandatário da República Democrática do Congo.

“Este exercício aéreo é uma oportunidade oferecida aos nossos jovens pilotos para a troca de experiência com os seus homólogos angolanos, pelo seu serviço em máquinas especializadas”, declarou, quinta-feira, o major-general Léon Richard Kasonga Cibangu, porta-voz das Forças Armadas da RDC. ao proceder ao lançamento das manobras militares.

No aeroporto de Ndjili, que serviu de centro de terra da operação de treinamento, estiveram presentes altas figuras políticas e militares da RDC, bem como oficiais do alto escalão das Forças Armadas Angolanas.