José Carvalho da Rocha assume MPLA no Uíge

Luanda – José Carvalho da Rocha foi eleito, neste sábado, ao cargo de 1º secretário provincial do MPLA no Uíge, em substituição do anterior governador Luther Rescova, que morreu em Outubro de 2020 vítima de doença.

Empossado na VI Conferência Extraordinária Provincial do MPLA no Uíge, o dirigente traçou como metas o fortalecimento das bases do partido maioritário e a intensificação da formação política, ideológica e patriótica dos militantes.

As prioridades de José Carvalho da Rocha passam, de igual modo, pela aproximação dos quadros dirigentes com as bases do MPLA e com o povo.

Na intervenção, após a eleição como 1º secretário provincial do MPLA no Uíge, o dirigente referiu que vai manter a mobilização política, tendo em vista elevar o número de militantes daquela força política.

Insitiu na necessidade de se melhorar a acção governativa do partido, através do acompanhamento de acções desenvolvidas na província nos diversos sectores.

O também governador da província do Uíge considerou fundamental preparar os militantes do MPLA para os desafios eleitorais de 2002, bem como os conciensalizar da importância do combate à Covid-19, tendo destacado o cumprimento das medidas de biossegurança.

A VI Conferência Extraordinária Provincial do MPLA no Uíge teve início na última quarta-feira e contou com a participação de 584 dos 635 delegados previstos.

 

Empossado na VI Conferência Extraordinária Provincial do MPLA no Uíge, o dirigente traçou como metas o fortalecimento das bases do partido maioritário e a intensificação da formação política, ideológica e patriótica dos militantes.

As prioridades de José Carvalho da Rocha passam, de igual modo, pela aproximação dos quadros dirigentes com as bases do MPLA e com o povo.

Na intervenção, após a eleição como 1º secretário provincial do MPLA no Uíge, o dirigente referiu que vai manter a mobilização política, tendo em vista elevar o número de militantes daquela força política.

Insitiu na necessidade de se melhorar a acção governativa do partido, através do acompanhamento de acções desenvolvidas na província nos diversos sectores.

O também governador da província do Uíge considerou fundamental preparar os militantes do MPLA para os desafios eleitorais de 2002, bem como os conciensalizar da importância do combate à Covid-19, tendo destacado o cumprimento das medidas de biossegurança.

A VI Conferência Extraordinária Provincial do MPLA no Uíge teve início na última quarta-feira e contou com a participação de 584 dos 635 delegados previstos.