Jovens do Cazenga incentivados na adesão ao BUAP

  • Cuando Cubango: Aberto Balcão do ´BUAP` em Menongue
Luanda - Jovens de organizações juvenis, no município do Cazenga, em Luanda, foram nesta sexta-feira incentivados a afluir aos postos do Balcão Único de Atendimento ao Público (BUAP), para actualização do registo eleitoral oficioso e a obtenção do cartão do munícipe.

Este facto, saliente-se, foi abordado durante o encontro denominado " Mesa das Ideias",  que serviu para  uma reflexão sobre o registo  eleitoral oficio, vantagens e desvantagens dos jovens com idade eleitoral participarem nas próximas eleições’’, numa iniciativa do Conselho Municipal da Juventude (CMJ).

Na ocasião, o prelector Domingos Betico, disse que o Cazenga sendo um dos municípios mais populosos da capital do país, integra jovens potencialmente com idade eleitoral e que devem afluir os postos de registo.

Informou, contudo,  que por esta via as pessoas que mudaram de residência ou  atingiram a idade eleitoral,  devem por obrigação legal marcar presença a nível da administração local do estado, para  actualizar  o seu registo eleitoral oficioso.

O também jurista, adverte que os que assim não procederem pode ter alguma implicação, ficando impedidos de votar nas próximas eleições gerais de 2022.

Domingos Betico indicou, que só com o registo oficioso, o cidadão poderá participar e escolher os dirigentes que terão a gestão e responsabilidade de dirigir a nação.

Já o secretario executivo  do conselho  municipal  da Juventude do Cazenga,  Gelson da Conceição Bravo, a intenção da "mesa das ideias  rumo ao registo eleitoral oficioso’’, visa fundamentalmente apelar a juventude angolana a aderirem BUAP para cadastramento.

Apelou aos jovens, igrejas e fazedores de opinião, a serem multiplicadores e porta-vozes da informação na comunidade  para incentivar outras pessoas a aderirem ao registo.

 

Este facto, saliente-se, foi abordado durante o encontro denominado " Mesa das Ideias",  que serviu para  uma reflexão sobre o registo  eleitoral oficio, vantagens e desvantagens dos jovens com idade eleitoral participarem nas próximas eleições’’, numa iniciativa do Conselho Municipal da Juventude (CMJ).

Na ocasião, o prelector Domingos Betico, disse que o Cazenga sendo um dos municípios mais populosos da capital do país, integra jovens potencialmente com idade eleitoral e que devem afluir os postos de registo.

Informou, contudo,  que por esta via as pessoas que mudaram de residência ou  atingiram a idade eleitoral,  devem por obrigação legal marcar presença a nível da administração local do estado, para  actualizar  o seu registo eleitoral oficioso.

O também jurista, adverte que os que assim não procederem pode ter alguma implicação, ficando impedidos de votar nas próximas eleições gerais de 2022.

Domingos Betico indicou, que só com o registo oficioso, o cidadão poderá participar e escolher os dirigentes que terão a gestão e responsabilidade de dirigir a nação.

Já o secretario executivo  do conselho  municipal  da Juventude do Cazenga,  Gelson da Conceição Bravo, a intenção da "mesa das ideias  rumo ao registo eleitoral oficioso’’, visa fundamentalmente apelar a juventude angolana a aderirem BUAP para cadastramento.

Apelou aos jovens, igrejas e fazedores de opinião, a serem multiplicadores e porta-vozes da informação na comunidade  para incentivar outras pessoas a aderirem ao registo.