Bloco Democrático aspira bons resultados eleitorais

  • Bandeira do bloco Democrático
Luanda - O presidente cessante do Bloco Democrático (BD), Justino Pinto de Andrade, afirmou, esta sexta-feira, em Luanda, que o seu partido está unido e coeso e aspira bons resultados nas eleições gerais de 2022.

Ao discursar na abertura da IV Convenção Ordinária do Bloco Democrático, partido criado há 10 anos, adiantou que 2022 será da consolidação da formação partidária, por ter crescido consideravelmente na última década.

Solicitou aos cerca de 200 participantes à Convenção no sentido de decidirem, com responsabilidade e sabedoria, as questões que estão a ser discutidas.

Sob o lema "Traçar caminhos para renovar a esperança", a IV Convenção do Bloco Democrático vai, entre outros assuntos, eleger um novo presidente, o vice-presidente e o secretário-geral do partido.

Concorrem a presidência do partido Filomeno Vieira Lopes, Américo Vaz e Luís do Nascimento.

Durante dois dias, os delegados vão igualmente discutir e aprovar os relatórios do Conselho Nacional e da Comissão de Jurisdição e Fiscalização referentes ao período 2017-2021, bem como a situação organizativa do partido aos níveis nacional, provincial e municipal.

Líder da UNITA defende movimento de alternância

O Presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, que assistiu a abertura da Convenção como convidado, disse à imprensa esperar que o Bloco Democrático possa engrossar um amplo movimento para a alternância do poder em Angola.

Considerou que o Bloco Democrático é importante, por ser uma organização política que tem trabalhado, em prol da cidadania e da democracia.

"O BD dá aqui hoje uma demonstração de pluralidade, que tem que ser seguido por todos os partidos democráticos, pois sem pluralidade efectiva é impossível governar em democracia", concluiu.

Por sua vez, o presidente da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), Manuel Fernandes, felicitou o Bloco Democrático pela realização da Convenção, que, no seu entender, pode  decidir sobre a continuação do vínculo do partido à CASA-CE.

O Bloco Democrático está registado no Tribunal Constitucional, desde 20 de Outubro de 2010 e faz parte da CASA-CE.

Ao discursar na abertura da IV Convenção Ordinária do Bloco Democrático, partido criado há 10 anos, adiantou que 2022 será da consolidação da formação partidária, por ter crescido consideravelmente na última década.

Solicitou aos cerca de 200 participantes à Convenção no sentido de decidirem, com responsabilidade e sabedoria, as questões que estão a ser discutidas.

Sob o lema "Traçar caminhos para renovar a esperança", a IV Convenção do Bloco Democrático vai, entre outros assuntos, eleger um novo presidente, o vice-presidente e o secretário-geral do partido.

Concorrem a presidência do partido Filomeno Vieira Lopes, Américo Vaz e Luís do Nascimento.

Durante dois dias, os delegados vão igualmente discutir e aprovar os relatórios do Conselho Nacional e da Comissão de Jurisdição e Fiscalização referentes ao período 2017-2021, bem como a situação organizativa do partido aos níveis nacional, provincial e municipal.

Líder da UNITA defende movimento de alternância

O Presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, que assistiu a abertura da Convenção como convidado, disse à imprensa esperar que o Bloco Democrático possa engrossar um amplo movimento para a alternância do poder em Angola.

Considerou que o Bloco Democrático é importante, por ser uma organização política que tem trabalhado, em prol da cidadania e da democracia.

"O BD dá aqui hoje uma demonstração de pluralidade, que tem que ser seguido por todos os partidos democráticos, pois sem pluralidade efectiva é impossível governar em democracia", concluiu.

Por sua vez, o presidente da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), Manuel Fernandes, felicitou o Bloco Democrático pela realização da Convenção, que, no seu entender, pode  decidir sobre a continuação do vínculo do partido à CASA-CE.

O Bloco Democrático está registado no Tribunal Constitucional, desde 20 de Outubro de 2010 e faz parte da CASA-CE.