UNITA quer maior empenho da JURA nas tarefas do partido

  • Militantes da UNITA
Malanje – O primeiro secretário provincial da UNITA em Malanje, Mardanês Calunga, incentivou os militantes da organização juvenil do seu partido, JURA, a dedicar-se mais às acções políticas, na perspectiva das previstas eleições gerais de 2022.

Malanje – O primeiro secretário provincial da UNITA em Malanje, Mardanês Calunga, incentivou os militantes da organização juvenil do seu partido, JURA, a dedicar-se mais às acções políticas, na perspectiva das previstas eleições gerais de 2022.

Mardanês Calunga, que falava num acto em alusão ao 47º aniversário da JURA, assinalado domingo (18), sublinhou a necessidades de haver maior coesão, partilha de ideias e dedicação nas tarefas partidárias.

Alertou que “sem isso não se alcançará resultados satisfatórios no próximo pleito”, num acto realizado no município de Cangandala.

O segundo secretário da JURA em Malanje, Jorge Samuel, reiterou que a organização vai continuar a trabalhar na mobilização e no recrutamento de jovens para as fileiras da UNITA.

Jorge Samuel apelou a juventude angolana a continuarem a observar as medidas de biossegurança, incluindo a lavagem frequente das mãos, no quadro do combate à Covid-19.

Aposta em programas para juventude

No quadro da mesma data, o primeiro secretário provincial da UNITA no Uíge, Félix Lucas, reafirmou a aposta dessa força política na elaboração de programas e actividades que sirvam os interesses da juventude angolana, em todos os sectores da sociedade.

O também deputado à Assembleia Nacional manifestou, igualmente,  a contínua aposta da UNITA na consolidação da paz, democracia e na reconciliação multipartidária, baseado no respeito aos direitos e liberdades fundamentais da pessoa humana.

Por sua vez, o primeiro secretário provincial da JURA no Uíge, Simão Teca, disse que desde a fundação do partido, em 1947, esse braço juvenil sempre se firmou como um pilar firme e fundamental, transmitindo os fundamentos políticos e ideológicos do partido.

Em Cabinda

Em Cabinda, o secretário provincial da UNITA, José do Gringo Júnior Lembe, pediu aos membros e militantes da JURA uma reflexão profunda sobre o futuro do país.

O dirigente falava domingo, na Vila de Lândana, município de Cacongo, no acto que marcou o quadragésimo sétimo aniversário da criação da JURA.

“O povo conta com a juventude porque são a força que faz a dinâmica do país e é hora de lançar o apelo na mobilização tendo em conta os desafios que se avizinhamos, disse.

A Juventude Unida Revolucionária de Angola (JURA) foi fundada no dia 18 de Julho de 1974, em homenagem a David Jonatão Chingunji.

 

 

Malanje – O primeiro secretário provincial da UNITA em Malanje, Mardanês Calunga, incentivou os militantes da organização juvenil do seu partido, JURA, a dedicar-se mais às acções políticas, na perspectiva das previstas eleições gerais de 2022.

Mardanês Calunga, que falava num acto em alusão ao 47º aniversário da JURA, assinalado domingo (18), sublinhou a necessidades de haver maior coesão, partilha de ideias e dedicação nas tarefas partidárias.

Alertou que “sem isso não se alcançará resultados satisfatórios no próximo pleito”, num acto realizado no município de Cangandala.

O segundo secretário da JURA em Malanje, Jorge Samuel, reiterou que a organização vai continuar a trabalhar na mobilização e no recrutamento de jovens para as fileiras da UNITA.

Jorge Samuel apelou a juventude angolana a continuarem a observar as medidas de biossegurança, incluindo a lavagem frequente das mãos, no quadro do combate à Covid-19.

Aposta em programas para juventude

No quadro da mesma data, o primeiro secretário provincial da UNITA no Uíge, Félix Lucas, reafirmou a aposta dessa força política na elaboração de programas e actividades que sirvam os interesses da juventude angolana, em todos os sectores da sociedade.

O também deputado à Assembleia Nacional manifestou, igualmente,  a contínua aposta da UNITA na consolidação da paz, democracia e na reconciliação multipartidária, baseado no respeito aos direitos e liberdades fundamentais da pessoa humana.

Por sua vez, o primeiro secretário provincial da JURA no Uíge, Simão Teca, disse que desde a fundação do partido, em 1947, esse braço juvenil sempre se firmou como um pilar firme e fundamental, transmitindo os fundamentos políticos e ideológicos do partido.

Em Cabinda

Em Cabinda, o secretário provincial da UNITA, José do Gringo Júnior Lembe, pediu aos membros e militantes da JURA uma reflexão profunda sobre o futuro do país.

O dirigente falava domingo, na Vila de Lândana, município de Cacongo, no acto que marcou o quadragésimo sétimo aniversário da criação da JURA.

“O povo conta com a juventude porque são a força que faz a dinâmica do país e é hora de lançar o apelo na mobilização tendo em conta os desafios que se avizinhamos, disse.

A Juventude Unida Revolucionária de Angola (JURA) foi fundada no dia 18 de Julho de 1974, em homenagem a David Jonatão Chingunji.