MAT aborda registo eleitoral oficioso com igrejas e autoridades tradicionais

  • Angolanos criam associação (arquivo)
Luanda – O Ministério da Administração do Território (MAT) promove, esta quinta-feira, em Luanda, um encontro com as confissões religiosas e autoridades tradicionais para abordar questões relacionadas com o processo de registo eleitoral oficioso dos cidadãos maiores no país e actualização presencial do registo no exterior.

De acordo com uma nota, chegada esta quarta-feira à ANGOP, sequencialmente o Ministério da Administração do Território vai reunir-se segunda-feira com os representantes dos partidos políticos e de coligações de partidos legalmente reconhecidos e, no dia 21 de Setembro, com os jornalistas e formadores de opinião.

Com a realização destes encontros, a serem orientados pelo ministro da Administração do Território, Marcy Lopes, o Executivo pretende demonstrar a transparência, a credibilidade e garantir o envolvimento de todos os cidadãos e agentes eleitorais no processo.

No país, o registo eleitoral oficioso de cidadãos maiores deve iniciar no dia 23 deste mês e a actualização presencial para fins de registo no exterior está prevista para Janeiro de 2022.

De acordo com uma nota, chegada esta quarta-feira à ANGOP, sequencialmente o Ministério da Administração do Território vai reunir-se segunda-feira com os representantes dos partidos políticos e de coligações de partidos legalmente reconhecidos e, no dia 21 de Setembro, com os jornalistas e formadores de opinião.

Com a realização destes encontros, a serem orientados pelo ministro da Administração do Território, Marcy Lopes, o Executivo pretende demonstrar a transparência, a credibilidade e garantir o envolvimento de todos os cidadãos e agentes eleitorais no processo.

No país, o registo eleitoral oficioso de cidadãos maiores deve iniciar no dia 23 deste mês e a actualização presencial para fins de registo no exterior está prevista para Janeiro de 2022.