Ministério da Defesa lamenta morte do nacionalista Chilingutila

  • General na Reforma Demósthenes Chilingutila
Luanda - O Ministério da Defesa e Veteranos da Pátria manifestou, segunda-feira, consternação pela morte do nacionalista Demósthenes Amós Chilingutila, ocorrida domingo, por doença, num hospital da cidade do Huambo. 

Em nota de condolências a que a ANGOP teve acesso, o ministério destaca o envolvimento do General na Reforma na luta anti-colonial e nos acordos de Bicesse, entre outros processos que conduziram a paz e reconciliação nacional.

Chilingutila destacou-se no processo de formação das Forças Armadas Angolanas (FAA), exerceu o cargo de vice-ministro da Defesa para os Recursos Materiais e Infra-estrutura do Governo de Unidade e Reconciliação Nacional e foi deputado à Assembleia Nacional (2008-2017).

Em nota de condolências a que a ANGOP teve acesso, o ministério destaca o envolvimento do General na Reforma na luta anti-colonial e nos acordos de Bicesse, entre outros processos que conduziram a paz e reconciliação nacional.

Chilingutila destacou-se no processo de formação das Forças Armadas Angolanas (FAA), exerceu o cargo de vice-ministro da Defesa para os Recursos Materiais e Infra-estrutura do Governo de Unidade e Reconciliação Nacional e foi deputado à Assembleia Nacional (2008-2017).