Morreu comandante do Serviço de Bombeiros do Cuando Cubango

Menongue - O comandante provincial do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros no Cuando Cubango, comissário bombeiro Fernando António Gunza, morreu quarta-feira no Hospital Militar de Luanda, vítima de doença.

Numa nota de condolências distribuída à ANGOP, o Governo Provincial do Cuando Cubango destaca a figura do malogrado, de 59 anos de idade, como um homem íntegro, que desempenhou as suas tarefas com zelo e dedicação.

“O vazio que deixa é grande e obrigar-nos-á a quebrar os corações sempre que nos lembrarmos das suas obras. Eternamente ficam as memórias e as infindáveis recordações do seu trabalho em prol da Pátria e da província, com uma vasta experiência na área de bombeiros”, lê-se no comunicado.

O Governo Provincial do Cuando Cubango e o seu titular, Júlio Bessa, rendem "profunda" homenagem ao comandante Fernando António Gunza e endereçam à família enlutada e à delegação local do Ministério do Interior as mais sentidas condolências.

Numa nota de condolências distribuída à ANGOP, o Governo Provincial do Cuando Cubango destaca a figura do malogrado, de 59 anos de idade, como um homem íntegro, que desempenhou as suas tarefas com zelo e dedicação.

“O vazio que deixa é grande e obrigar-nos-á a quebrar os corações sempre que nos lembrarmos das suas obras. Eternamente ficam as memórias e as infindáveis recordações do seu trabalho em prol da Pátria e da província, com uma vasta experiência na área de bombeiros”, lê-se no comunicado.

O Governo Provincial do Cuando Cubango e o seu titular, Júlio Bessa, rendem "profunda" homenagem ao comandante Fernando António Gunza e endereçam à família enlutada e à delegação local do Ministério do Interior as mais sentidas condolências.